• luz já foi restabelecida nesta sexta-feira

    Marcello Veríssimo

    Após mais de 24 horas, a energia elétrica foi restabelecida na região que compreende as ruas Duque de Caxias e Capitão Luiz Soares com a Praça Major João Fernandes, na região central de São Sebastião. O “apagão” começou na noite desta quarta-feira (10), após a passagem do ciclone extratropical, que deixou um rastro de destruição pelas cidades, principalmente São Sebastião, a mais atingida pelos estragos causados durante a ventania.

    A assessoria de imprensa da EDP Brasil informou no início da tarde desta sexta que desconhecia o caso do blackout que afetou o Condomínio Indaiá e dezenas de lojistas naquela região.

    O Condomínio Indaiá é um dos imóveis residenciais com mais tradição no município, fica em frente a Igreja Matriz e a Câmara Municipal. Durante os últimos dois dias, os moradores ficaram com atividades restritas pela falta de energia elétrica e os comerciantes impossibilitados de trabalhar.

    A assessoria de imprensa da EDP divulgou a seguinte nota oficial: “A EDP mantém de forma ininterrupta o trabalho de recuperação da rede elétrica nos municípios do Vale do Paraíba e Litoral Norte para que a energia seja restabelecida o mais rápido possível. Estamos com uma demanda alta de cerca de 1. 500 atendimentos. Por este motivo, a companhia prioriza os hospitais, postos de saúde, escolas, creches e casos que podem oferecer risco à vida. Nesta sexta-feira reforçamos ainda mais as equipes técnicas para atender as cidades de São Sebastião e Caraguatatuba. São 420 equipes técnicas em todas as localidades de concessão da EDP para que o serviço seja restabelecido”.

    Lojas e moradores comemoram o retorno da energia no início da tarde desta sexta-feira. A cuidadora de idosos, Ana Cristina, 46, disse que o restabelecimento da energia elétrica foi um alívio. “Passar as noites a luz de vela não foi fácil. E minha paciente gosta de assistir televisão, então graças a Deus que voltou”.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.