• Marcello Veríssimo

    Investigadores do 1º Distrito de São Sebastião realizaram nesta sexta-feira (12) uma nova etapa da “Operação Divisas Integradas 7”. A ação contou com o apoio de policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais, Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, da Delegacia de Defesa da Mulher de São Sebastião, além do 1º Distrito Policial de Caraguatatuba, Polícia Militar Ambiental e da Polícia Municipal de São Sebastião.

    O objetivo era capturar J.C.A, responsável por uma tentativa de homicídio na cidade. Para cumprir um mandado de busca e apreensão, que foram expedidos pela Vara Criminal, e concomitantemente um mandado de prisão temporária as equipes foram a um dos endereços de J, um rancho escondido em um local ermo, que, segundo a polícia, fica no meio da mata em uma trilha que começa no final da travessa Timóteo, no bairro Morro do Abrigo, no sentido costa norte do município.

    J.C.A conseguiu fugir, mas a polícia conseguiu prender A.D.T.C, que assumiu a posse do armamento localizado pela polícia. De acordo com a polícia, L.S foi ouvido como testemunha e liberado.

    A polícia informou que durante as buscas no interior do rancho, foram localizados uma carabina calibre.36, diversos estojos com munição do mesmo calibre e uma carabina de pressão calibre 4.5 (chumbinho). De acordo com a polícia, foi neste momento de A. assumiu a posse do armamento e disse que não existiriam mais armas no imóvel.

    Os policiais ainda realizaram uma varredura minuciosa dentro da propriedade e também pelas adjacências. Encontraram escondido dentro de um saco envolto pela vegetação do local, contendo diversos cartuchos de munição, alguns deflagrados e outros remuniciados artesanalmente com calibres .32, .36 e .28, sendo este deflagrado.

    Os policiais voltaram a questionar o criminoso sobre a descoberta de mais armamentos no rancho, já que o próprio A. tinha negado anteriormente a existência de outras armas no local. Sem saída, ele indicou um novo “mocó” ao lado da casa principal onde foram encontrados uma espingarda calibre .32, diversos cartuchos de munição deflagrados, chumbo para recarga de cartuchos, pólvora e espoletas de ignição, um canhãozinho calibre . 32, uma espécie de arma que se utiliza de cartucho de arma de fogo calibre 32 para o seu funcionamento, além de apitos do tipo pio, que são usados na caça de animais silvestres, estilingue, martelo e bandoleiras porta cartucho.

    A.D.TC recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado para a delegacia.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.