• Marcello Veríssimo

    A partir desta terça-feira (16), começou oficialmente o período para realizar a propaganda eleitoral rumo às eleições do dia 2 de outubro. Os candidatos têm até o dia 1º de outubro, véspera do primeiro turno, para convencer os eleitores por meio de divulgação nos veículos de massa, incluindo a internet, e caminhada pelas ruas para pedir votos.

    Oficialmente, o Litoral Norte tem pelo menos 15 candidatos confirmados que disputam uma vaga para deputado estadual e federal. Nas eleições do dia 2 de outubro, os cidadãos de todo o país vão às urnas para escolher os próximos presidente, governadores, senadores e deputados. De acordo com a Justiça Eleitoral, neste ano o contingente eleitoral é de quase 150 milhões de eleitores nos quatro cantos do país.

    Político experiente, o ex-prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva, disse que a partir de agora o Litoral Norte tem a chance de escolher um representante para acelerar o seu desenvolvimento. “Vamos somar forças em busca de um Litoral Norte unificado e fortalecido”, disse ACS, do Republicanos, que lança seu número da sorte para os eleitores nas urnas 10.910. “Essa é a chance para mudar a história e também um dos motivos que me fizeram encarar esse desafio”.

    Entre os candidatos, o eleitor terá a chance de escolher entre políticos experientes e novos, que estão dispostos a fazer a diferença. Para Rodrigo Tavano, candidato a deputado federal pelo Partido Novo, essa campanha é uma oportunidade de mudança. “Pretendemos ser uma nova voz para o Litoral Norte, novo de verdade, termos alguém da nossa terra, da nossa gente, que conheça as nossas dores, os problemas reais, o dia a dia é muito importante. Estou muito otimista, muito confiante. Otimismo e confiança são palavras fundamentais, assim como a coragem”, disse Tavano. “E sou um cara muito corajoso, estou indo para cima com muita vontade. A gente não usa o fundão eleitoral, mas a gente acredita que para mudar o Brasil devemos começar exatamente por aí, não usando o dinheiro do povo, do pagador de impostos e utilizar para campanha eleitoral”, completou Tavano, que tem seu número 3050 e o slogan na ponta da língua. “Chega dos mesmos, vote no novo”.

    O chef Macalé, do Patriota, disse que seu número é uma boa ideia. “51155, vamos juntos fazer Ubatuba forte e um litoral mais competitivo. Tenho muito a agradecer a Deus pela oportunidade de poder estar junto aos demais nomes, pleiteando uma vaga tão concorrida na Assembléia Legislativa de São Paulo”.

    Diante de todos os problemas que afetam a região, um sentimento comum: a certeza que, se eleitos, farão o melhor por questões importantes, principalmente aos mais pobres, como a falta de saneamento básico na região e trabalhar para melhorar o turismo, segurança e educação. “Começou a campanha eleitoral. Um momento muito importante da nossa história, que vai determinar os caminhos da nossa vida e dos nossos filhos. Me coloquei como candidato para ajudar a garantir um futuro de oportunidades para todas as pessoas, para levar os problemas do Litoral Norte a serem resolvidos”, comentou Fernando Puga, candidato a deputado estadual pelo PT com o número 13.130

    Mais – O candidato a deputado federal Stanelis inaugura nesta terça-feira (16) seu comitê e oficializa o lançamento da sua campanha sob o número 1964. Irê Juliani, de Ilhabela, segue na campanha buscando uma vaga como deputada estadual pelo PSD com o número 55355.

    Também do PSD, Marco Aurélio Bertaiolli, faz dobradinha com Irê e segue como candidato a deputado federal com o número 5500. Ainda pelo PSD, Ribamar Silva também disputa como deputado federal sob o número 5519, e Saulo Pedroso 5514, também pelo PSD. Carlos Lothar vem pelo União com o número 44500, como deputado estadual, assim como Edilson Félix do Democracia Cristã pelo número 27007; já Marcinho da Aciu vem com o número 1552.

    Confira a lista com o nome e o número dos principais candidatos pelo Litoral Norte:

    Antonio Carlos da Silva: Deputado estadual 10.910 (Republicanos)
    Rodrigo Tavano: deputado federal 3050 (Partido Novo)
    Chef Macalé: deputado estadual 51155 (Patriota)
    Fernando Puga: deputado estadual 13130 (Partido dos Trabalhadores)
    Coronel Stanelis: deputado federal 1964 (PODEMOS)
    Irê Juliani: deputada estadual 55355 (PSD)
    Edilson Félix: deputado estadual 27007 (Democracia Cristã)
    Márcinho da Aciu: deputado federal 1552 (MDB)
    Ribamar Silva: deputado federal 5519 (PSD)
    Carlos Lothar: deputado estadual 44500 (União)
    Saulo Pedroso: deputado federal 5515 (PSD)
    Professor Leonardo Alex: deputado federal 1135 (Progressistas)
    Neto Bota: deputado estadual 11333 (Progressistas)

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.