• Marcello Veríssimo

    O presidente do Sindicato dos Estivadores de São Sebastião, Robson Ceará, agiu rápido e com o apoio da prefeitura retirou os moradores de rua que tinham invadido o prédio em que funcionava a antiga sede do Ciretran, na rua Vitorino Gonçalves dos Santos, na região central do município. O imóvel pertence ao sindicato, mas segundo Ceará está com a Prefeitura de São Sebastião.

    No último sábado (20) o JDL recebeu uma denúncia de moradores daquela região assustados com a presença dos invasores do prédio, que estaria se tornando uma minicracolândia. “Eles cortaram os fios de energia, a rua fica um breu pra gente que volta do trabalho tarde da noite é aterrorizante”, disse uma moradora, que pediu para não ser identificada com medo de represálias. “Sem contar também a algazarra, falando alto durante a noite”, ela completou.

    O trecho da rua Vitorino Gonçalves em que o prédio está instalado é um ponto conhecido na região central do município por reunir usuários de entorpecentes e ser cercado por córregos, um terreno baldio e becos estreitos que separam as ruas. A rua Vitorino Gonçalves dos Santos é paralela a rua Sebastião Silvestre Neves, endereço do Paço Municipal. “Tomamos as providências o mais rápido possível, estive lá e vi que o prédio realmente estava invadido”, disse o presidente do Sindicato dos Estivadores, Robson Ceará.

    De acordo com ele, o apoio da prefeitura, por meio da Secretaria de Serviços Públicos foi essencial, assim como da Polícia Municipal na retirada dos invasores. “Lavamos, limpamos e lacramos o prédio”, disse Ceará. “O secretário Tota nos atendeu prontamente”, elogiou o presidente do sindicato.

    A reportagem do JDL passou pela manhã e foi conferir no final da tarde desta segunda-feira (22) a limpeza realizada. Agora, Robson Ceará disse que vai se reunir com o secretário de governo Luiz Carvalho, o Luizão, para tratar das providências sobre qual será o destino mais adequado ao imóvel.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.