• Marcello Veríssimo

    A Secretaria Estadual de Segurança Pública divulgou na última sexta-feira (26) as estatísticas sobre as ocorrências policiais registradas no mês de julho nos quatro municípios do Litoral Norte.

    De acordo com os números da SSP, no mês de julho a região registrou oito assassinatos, sendo que Caraguatatuba se manteve como a cidade mais violenta com quatro ocorrências deste crime. Ubatuba registrou três homicídios e Ilhabela um.

    Os números mostram que Caraguatatuba lidera em todas as modalidades criminosas. De acordo com a SSP, foram 42 roubos a mão armada no período, sendo que 25 deles aconteceram no município. Pelas estatísticas, Ubatuba registrou oito, assim como São Sebastião. Ilhabela registrou um roubo deste tipo.

    A SSP diz que em comparação com o mês de junho deste ano, foram registrados sete homicídios e 43 roubos, houve melhora no número de roubos a mão armada e roubo de veículos, que demonstram queda.

    Por outro lado, houve aumento no número de homicídios e de estupros. Em julho, foram registrados 14 estupros na região, sendo que seis casos ocorreram em Caraguatatuba. De acordo com a SSP, outros quatro estupros foram registrados em Ilhabela, dois em Ubatuba e outros dois em São Sebastião. Em junho, segundo os dados oficiais da SSP, foram registrados 11 casos de estupro no Litoral Norte.

    Com relação aos roubos de veículos, a SSP informou que no mês de julho foram apenas dois, sendo um em Caraguá e um em Ubatuba.

    A escalada da Violência – Apesar de ainda ser uma região tranquila se comparada com outras cidades da Região Metropolitana do Vale do Paraíba, os municípios do Litoral Norte figuram entre os mais violentos.

    Nos primeiros sete meses de 2022, a polícia registrou 46 homicídios que resultaram em 51 mortes.

    Caraguatatuba registra 21 assassinatos que resultaram em 22 mortes. Ubatuba é a segunda cidade mais violenta com 16 homicídios e 17 mortes; já em São Sebastião foram registrados sete homicídios (10 mortes); e, em Ilhabela dois homicídios.

    Os roubos também dispararam em 2022. Entre janeiro e julho foram registrados 425 roubos a mão armada nas quatro cidades, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública. Somente em Caraguatatuba foram 217, em Ubatuba 125.

    75 em São Sebastião; e oito em Ilhabela. No período, a região também contabiliza 104 casos de estupro; um, latrocínio, que é o roubo seguido de morte, além de 26 roubos de veículos.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.