• Marcello Veríssimo

    O forte vento que atingiu o Litoral Norte na tarde deste domingo (28) causou transtornos e exigiu paciência dos motoristas e pedestres que precisam fazer a travessia de balsa entre São Sebastião e Ilhabela. O serviço ficou paralisado por aproximadamente 6 horas, gerando uma enxurrada de mensagens nas redes sociais.

    Passava do meio-dia quando a travessia deixou de operar em razão das rajadas de vento no Canal de São Sebastião. Durante toda a tarde de ontem, a reportagem do JDL monitorou a travessia. De acordo com o Departamento Hidroviário, responsável pela operação, a travessia ficou paralisada por medida de segurança, já que as rajadas de vento ultrapassaram os 46km/h, limite para a travessia entre os dois municípios ser realizada sem riscos para os usuários do transporte.

    O serviço foi retomado por volta das 19h, mas não diminuiu o cansaço da motorista de São Paulo, Ana Cristina, que ficou na fila antes de poder seguir viagem. “Foi horrível, exaustivo, deixamos o hotel e não tínhamos para onde retornar e perdemos o lugar na fila”, ela contou.

    Assim como Ana Cristina, a reportagem conseguiu apurar que aproximadamente outros 300 pedestres aguardavam para atravessar de Ilhabela para São Sebastião, além de cerca de 100 motos e pelo menos 200 automóveis.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.