• Marcello Veríssimo

     

    Uma guerreira lutando pela vida. A filhote de Lobo-Marinho-do-Sul, que foi resgatada na região das Pedras Miúdas, em Ilhabela, apresentou significativa melhora em seu quadro clínico desde que começou o tratamento no Instituto Argonauta. O animal, que foi resgatado com uma grave lesão no olho esquerdo, desnutrido e com diagnóstico de anemia, segue em reabilitação desde o dia 1 de julho.

    De acordo com a assessoria de imprensa do Argonauta, a filhote ainda precisou de forças para vencer uma pneumonia. O resgate aconteceu no fim do mês de junho e mobilizou a equipe do Instituto Argonauta que executa o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

    O Argonauta informou no final da tarde desta terça-feira (30) que a filhote apresenta quadro de saúde estável, sendo acompanhada pela equipe de médicos veterinários que monitoram o ganho de peso e sua recuperação da anemia. Quando foi resgatada, a paciente estava bastante debilitada.

    De acordo com a assessoria de imprensa do instituto, para auxiliar no diagnóstico e avaliar a lesão no olho foram realizadas duas avaliações oftálmicas pela equipe técnica de Reabilitação do Argonauta com apoio das médicas veterinárias oftalmologistas Claudia Ferraz e Luciana Mabrici. Apesar da melhora no olho esquerdo, os especialistas constataram que o animal perdeu a visão, mas mantendo os reflexos à luz.

    O filhote continuará em acompanhamento médico pela equipe de veterinários, oceanógrafos e biólogos do Argonauta, agora para a realização de exames complementares que possam contribuir com o diagnóstico e melhorar a qualidade do seu tratamento.

    O Argonauta informou que, ao final do tratamento, é fundamental que a fêmea esteja plenamente apta para o seu retorno à natureza e esteja bem para sobreviver em seu habitat.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.