• Marcello Veríssimo

    O corpo de Vinícius Santos Morais, 18, foi sepultado neste fim de semana em Santo André, cidade em que o rapaz morava na Grande São Paulo. O jovem desapareceu no dia 27 de agosto, após ser arrastado pelas ondas na costeira da Praia Vermelha do Centro, em Ubatuba.

    Durante os dias que se sucederam as buscas familiares de Vinícius estiveram no Litoral Norte e mobilizaram a imprensa para pedir ajuda, orações e denunciar as supostas más condições que se encontram a sinalização sobre as áreas de risco nas praias da região.

    O tio de Vinícius, Jaciel Ciel, disse que no local em que o adolescente desapareceu não havia sinalização de perigo. “Fui até o local do acidente e falei com uma moradora; ela afirmou que três pessoas morreram só nos últimos dois meses”.

    De acordo com o tio, a família ficou muito abalada quando o jovem não conseguiu escapar da força das ondas.

    O corpo do rapaz foi encontrado na última quinta-feira (1) por uma embarcação civil na região da praia das Sete Fontes, distante cerca de 10km do local em que sumiu. No início da manhã deste sábado (3), o GBMar (Grupamento de Bombeiros Marítimos) confirmou que se tratava realmente do corpo de Vinícius Santos Morais.

    O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Caraguatatuba. A família do rapaz saiu de Santo André, no ABC Paulista, para fazer o reconhecimento na manhã da última sexta-feira (2).

    O corpo estava em avançado estado de decomposição e o reconhecimento foi possível por exames feitos na arcada dentária do rapaz.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.