• Marcello Veríssimo

    Com a proximidade do início da Primavera, que começa no próximo dia 22, os moradores do Litoral Norte se perguntam até quando a região vai sofrer com este sobe e desce das temperaturas e variação constante entre chuva, frio e calor. De acordo com os meteorologistas,
    a explicação para essa variação tão significativa nas últimas semanas tem duas razões:

    A primeira delas é a atuação do fenômeno, La Niña, que costuma aumentar a frequência de frentes frias e faz com que a maioria desses sistemas avancem de forma mais costeira, ou seja, pelas áreas litorâneas.

    Por isso, nesta transição entre inverno e primavera, acontece essa maior variação nas condições do tempo no sul e leste de São Paulo, afetando inclusive a capital e todo litoral paulista, além do Rio de Janeiro.

    A outra é o Atlântico Sul, que com algumas diferenças na temperatura da superfície do mar (TSM) acaba criando um ambiente favorável ao avanço das frentes frias. Agora, temos uma área de TSM “mais quente” na altura da Argentina e “mais fria” na altura da costa do Sul e Sudeste do Brasil, o que acaba potencializando a frequência de frentes frias e, consequentemente, o “sobe e desce” nas temperaturas.

    De acordo com o Climatempo, por enquanto, ainda não se pode afirmar quando esse “inverno rigoroso” irá terminar. “Os modelos de previsão climática não enxergam uma quebra nesse padrão, mas podemos contar com a sazonalidade, ou seja, com a chegada da primavera a água na costa do Brasil pode “aquecer” ou ficar “menos fria”, o que deve atenuar este gradiente de temperatura, e só assim poderá diminuir a frequência de frentes frias”, dizem os meteorologistas.

    O climatologista, Vinícius Lucyrio, disse que a situação muda a partir de outubro, mas as frentes frias ainda estarão presentes durante a primavera e o verão. “Trata-se de um sistema meteorológico que passa o ano todo, no entanto, serão menos frequentes e suas massas de ar polares associadas, menos frias”, ele disse.

    Nesta quinta-feira (8), o dia segue com sol e muitas nuvens. Não deve chover no Litoral Norte, com variação de temperatura entre 17 e 31 graus.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.