• Marcello Veríssimo

    Equipe do Instituto Argonauta encontrou uma baleia-jubarte morta, na praia do Félix, em Ubatuba, neste sábado (17). A ocorrência foi registrada durante o trabalho do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), realizado pelo instituto.

    Trata-se de um animal macho com cerca de 13 metros de comprimento. O Argonauta informou que foi acionado ainda na sexta-feira (16) sobre a existência da baleia morta, mas a equipe que estava embarcada não conseguiu encontrar a carcaça, que foi localizada na praia do Félix.

    De acordo com a assessoria de imprensa do Instituto Argonauta, antes de enterrar a baleia, os médicos veterinários coletaram materiais como pele, gordura e músculo para tentar descobrir a causa da morte.

    Assim que a baleia foi localizada na faixa de areia, o local foi preservado e recebeu sinalização para que os banhistas não se aproximassem. A assessoria de imprensa informou que foram realizados todos os procedimentos necessários para evitar que a carcaça não causasse transtornos e nem riscos à população local e aos frequentadores da praia, além de todos os cuidados e medidas sanitárias.

    O Instituto Argonauta e o Aquário de Ubatuba possuem experiência neste tipo de operação. Em 27 de julho de 2000, realizaram o mesmo processo com uma baleia-de-bryde que também apareceu morta na praia.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.