• Uma equipe da Secretaria de Educação de Ubatuba esteve em reunião com a equipe da empresa Faz Educação na última quinta-feira, 22, para fazer um balanço das atividades desenvolvidas no projeto do Núcleo de Inovação Tecnológica em 2022 e planejamento para a capacitação anual de 2023.

    Neste ano, as capacitações aconteceram para 10 turmas/encontros com temas específicos, que tiveram a participação de 252 profissionais onde todos receberão o certificado de Formação em Tecnologias Educacionais e, 85 desses professores, conseguiram também a certificação de “Apple Teacher”.

    Para 2023, a proposta é a realização de formação de 400 profissionais da Educação divididos em até 12 turmas – serão 10 encontros com duas horas de duração e certificação de horas concluídas e previsão de início em fevereiro de 2023.

    Para a secretária Fatinha Barros, a capacitação vem ao encontro da atual política de gestão da SME, que investe em formações constantes e contínuas aos profissionais da Rede Municipal de Ensino.

    “As formações dão suporte a nossos professores e são importantes para que agregar cada vez mais valor à aprendizagem”, enalteceu a secretária. Ton Ferreira é representante da Faz Educação e, mesmo não estando presente no encontro, reforçou que a Faz Educação investe na formação continuada dos professores, pois “não adianta pensar só em tecnologia nas escolas se não tivermos a instrumentalização para utilizar esse recurso”.

    Férias digitais

    Outro assunto mencionado durante o encontro foi o projeto Férias Digitais. Em julho deste ano, a SME e Faz Educação realizaram a iniciativa, na qual os alunos tiveram a oportunidade de vivenciar novas experiências gratuitas com o uso do Ipad em atividades lúdicas, divertidas e repletas de aprendizado entre os dias 18 e 22 do referido mês. Foram três modalidades de oficinas:  programação, multimídia e stop motion. Foram 204 inscrições somando oito escolas. Desses, foram 135 participantes que puderam contar com o apoio da coordenação do projeto junto com cinco monitores e utilizaram 35 iPads no desenvolvimento das atividades.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.