• Marcello Veríssimo

    A Polícia Civil, em Ilhabela, apreendeu 640 papelotes de cocaína, já prontos para a venda, na última sexta-feira (30). O flagrante aconteceu em um desdobramento da “Operação Lost”, que foi deflagrada em junho deste ano no arquipélago.

    De acordo com a polícia, a “Lost” contou com o apoio de policiais da Dise (Delegacia de Investigação sobre Entorpecentes). A apreensão da cocaína na última sexta-feira também contou com o apoio da Polícia Militar.

    Durante a operação realizada em junho, seis bandidos foram presos. A polícia informou que após audiência de custódia, quatro integrantes do bando preso foram soltos para poder responder aos crimes em liberdade.

    Por conta da investigação, fontes da polícia ouvidas pela reportagem do JDL disseram não poder dar detalhes sobre o flagrante que resultou na apreensão dos 640 papéis de pó. O dono da droga conseguiu fugir, os policiais levaram a mãe do suspeito até a delegacia para prestar esclarecimentos.

    Os criminosos conseguiram fugir e escapar do flagrante. De acordo com a polícia, o Ministério Público expediu novos mandados de prisão para o bando, que segue procurado.

    Prisão 

    A Polícia Militar, em São Sebastião, prendeu nesta sexta-feira (30), no Jaraguá, costa norte do município um suposto agiota por porte ilegal de armas. O flagrante é da Força Tática, que mobilizou cinco equipes para prender o homem.

    De acordo com a polícia, o arsenal do suspeito inclui armas de calibre restrito, entre elas uma submetralhadora cadeira. Além da submetralhadora, segundo a polícia, também foram apreendidos um revólver calibre 38 e um calibre 32, 43 munições, duas carabinas de pressão e R$ 11 mil.

    A PM informou que, após a chegada das equipes, sem saída, o próprio suspeito indicou o local em que as armas estavam escondidas. O criminoso era conhecido por praticar agiotagem em que as armas eram utilizadas como forma de pagamento.

    De acordo com a polícia, ainda foram apreendidas uma folha de cheque R$ 5,5 mil e 15 notas promissórias no valor de R$ 2 mil cada uma.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.