• Marcello Veríssimo

    O eleitor acordou cedo neste domingo (2) para votar no Litoral Norte. Pelas quatro cidades da região, a votação aconteceu normalmente exigindo apenas paciência para enfrentar as filas nas seções eleitorais.

    Na região central de São Sebastião, na escola Maísa Theodoro da Silva, o tempo de espera médio para chegar à urna foi de 40 minutos, tempo que se estendeu também em escolas nos bairros da Costa Sul e Costa Norte do município como Juquehy, Barra do Una e Enseada, respectivamente.

    De acordo com a Justiça Eleitoral, não foram registradas grandes infrações nas escolas de São Sebastião e também nas demais seções eleitorais do Litoral Norte, além das tradicionais bocas de urna pelas ruas nos arredores dos colégios.

    Em São Sebastião, a Topolândia é o bairro que concentra o maior número de eleitores, com 11.222. A Enseada é o bairro da Costa Norte com maior número de eleitores, 6.998, que segundo a Justiça Eleitoral em sua maior parte vota na escola Cynthia Cliquet 4.766. Ao todo, na Costa Norte, 10.079 eleitores votaram.

    Apesar de mais populoso, os dados da Justiça Eleitoral mostram que o maior crescimento de eleitores na eleição deste ano foi na Costa Sul da cidade que chega a 27.997 eleitores. Na região central, o contingente eleitoral chega a 28.505.
    Depois vem Boiçucanga, com 7.079 eleitores.

    Ocorrências 

    Durante todo o dia da votação, a reportagem do JDL monitorou a incidência de ocorrências eleitorais pelas cidades da região. Fiscais de partido preenchendo “colinhas” para influenciar o voto de eleitores humildes, golpe do santinho e até eleitor burlando a segurança das seções para entrar com celular na cabine de votação.

    Em Caraguatatuba, o candidato a deputado estadual Antônio Carlos da Silva (Republicanos) caiu no golpe do santinho falso. De acordo com o advogado do Republicanos, milhares de santinhos falsos do candidato foram distribuídos com seu número trocado perto de locais de votação em Caraguatatuba.

    O Republicanos registrou boletim de ocorrência e comunicou o caso à Justiça Eleitoral, com representação junto ao Tribunal Regional Eleitoral.

    Em São Sebastião, o JDL conversou com uma eleitora do presidente Jair Bolsonaro que entrou com o telefone celular em sua seção e fotografou o voto “por amor” ao presidente. Ela disse que não votaria em Lula “nunca” e que desafiou sua própria segurança para mostrar que o Brasil não é para amadores.

    Apuração 

    A apuração em São Sebastião começou por volta de 18h com a entrega das urnas no Salão Paroquial, da Igreja Matriz. No centro e na costa sul do município, a disputa entre Jair Bolsonaro e Lula foi acirrada, mas Bolsonaro venceu na maioria das seções por uma pequena diferença de votos, mas o candidato do PT levou a melhor em São Sebastião por menos de mil votos. De acordo com os resultados, com 100% das urnas apuradas em São Sebastião Lula teve 46,38% dos votos, ou 22.764 votos, enquanto Bolsonaro obteve 44,72% o equivalente a 21.950 votos.

    Em todo o estado de São Paulo, o atual presidente superou o petista com 98% das urnas apuradas Jair Bolsonaro obteve mais de 12 mil votos dos paulistas, ou seja, 47,77% enquanto Lula 10, 2 mil votos válidos o equivalente a 40, 82% levando a disputa para o segundo turno.

    O cenário muda quando a apuração leva em conta todo o país. De acordo com a Justiça Eleitoral, com 96% das urnas apuradas Luiz Inácio Lula da Silva tinha 47,77% dos votos, ou mais de 54 mil votos válidos, enquanto Jair Bolsonaro totalizou 43,77% com mais de 49 mil votos.

    Para governador de São Paulo, também haverá segundo turno entre o republicano Tarcísio de Freitas e Fernando Haddad. Com 98,26% das urnas apuradas, Tarcísio obteve 42, 39%, mais de 9,2 mil votos válidos. Já Haddad 35,64%, ou mais de 8,1 mil votos.

    De acordo com os resultados das eleições, nenhum dos candidatos a deputado tanto estadual como federal do Litoral Norte conseguiu se eleger.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.