• Marcello Veríssimo

    A Polícia Civil, em Ubatuba, investiga as circunstâncias da morte de um homem que foi encontrado morto na manhã do último sábado (8), em Praia Grande, uma das mais movimentadas do município, golpeado por facadas.

    O caso foi registrado como homicídio na delegacia.

    De acordo com a polícia, o cadáver estava sem nenhum documento, por isso até a manhã deste domingo (9) ele ainda estava sem identificação.

    A Polícia Militar e a Polícia Científica estiveram no local do crime. Ninguém foi preso, ainda não há suspeitos e nem testemunhas sobre qual possa ter sido a motivação do crime.

    O corpo passou por exames junto ao IC (Instituto de Criminalística) e ao IML (Instituto Médico Legal) para sua identificação.

    Caraguatatuba 

    A Força Tática da PM, em Caraguatatuba, prendeu um homem por porte ilegal de arma neste sábado (8), no Pereque-Mirim, na zona sul do município. O flagrante aconteceu durante patrulhamento de rotina pelas ruas do bairro, que concentra um dos maiores índices de criminalidade da cidade.

    De acordo com a polícia, o homem estava em uma bicicleta e tentou fugir da abordagem policial ao ver a viatura. Para escapar, ele andou entre os carros na rodovia e jogou a arma depois de atravessar o canteiro central. A PM informou que o homem foi levado para a delegacia e permaneceu à disposição da Justiça.

    A arma, um revólver calibre 32, que estava com a numeração raspada e seis munições, incluindo uma picotada, foi apreendida pela PM.

    Armados no ônibus 

    Um caso semelhante também foi registrado pela Polícia Militar em São Sebastião, também neste sábado (8). De acordo com a polícia, após receber uma denuncia sobre dois homens que estariam armados em um ônibus circular, policiais militares conseguiram interceptar o coletivo na praia das Cigarras, bairro da Costa Norte do município.

    A denúncia era verdadeira. Dentro do ônibus, um dos homens foi preso com um revólver calibre 32, assim como no caso de Caraguatatuba, com seis munições intactas.

    O flagrante foi feito pelo cabo Alves e cabo Cavicchio, que receberam apoio de outra viatura para efetuar a prisão da dupla. De acordo com a Polícia Militar, tanto o homem que estava armando como o seu comparsa foram levados para o Distrito Policial e recolhidos à disposição da Justiça.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.