• Marcello Veríssimo

    Faltando pouco mais de dois meses para o início do verão, o boletim de balneabilidade da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) mostra que a região está com seis praias impróprias para o banho de mar, sinalizadas com a bandeira vermelha da estatal.

    De acordo com a Cetesb, nesta semana Caraguatatuba e Ilhabela estão com todas as praias liberadas, sinalizadas com bandeira verde, ou seja, estão com boa qualidade da água. O boletim de balneabilidade das praias é divulgado semanalmente, às quintas-feiras.

    Já Ubatuba está com duas praias impróprias e São Sebastião com quatro praias vetadas pela Cetesb.

    Confira as praias que devem ser evitadas:

    – Praia da Picinguaba, Ubatuba;
    – Praia do Perequê-Mirim, Ubatuba;
    – Prainha, São Sebastião;
    – Praia de São Francisco, São Sebastião;
    – Praia do Pontal da Cruz, São Sebastião;
    – Praia do Porto Grande, São Sebastião.

    A classificação das praias, de acordo com a Cetesb, é feita com base na densidade de bactérias fecais, que são encontradas na água do mar. Uma praia é considerada imprópria quando são encontrados mais de 100 unidades de colônias de bactérias a cada 100 mililitros de água.
    Se as amostras não se mostraram, no mínimo, com 80% de índice satisfatório, a praia é considerada imprópria e recebe a bandeira vermelha.
    A Cetesb é a agência do Governo Estadual que regula e é responsável pelo controle, fiscalização, monitoramento e licenciamento de atividades que poluem e sua missão fundamental é preservar e recuperar a qualidade das águas, do ar e do solo.
    A companhia alerta que ignorar a sinalização das bandeiras vermelhas pode trazer prejuízos à saúde com doenças como gastroenterite, hepatite A, cólera, além de dores de estômago, febre, diarreia, entre outras.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.