• Marcello Veríssimo

    São Sebastião perdeu um dos seus políticos mais importantes de todos os tempos nesta quinta-feira (20). O ex-vereador e ex-presidente da Câmara de São Sebastião, Luiz Leite Santana, o Zangado, morreu, aos 87 anos, no Hospital de Clínicas de São Sebastião. Ele deixa os filhos Gisele e Felipe, além de netos.

    O velório será nesta sexta-feira (21), das 8 às 15 horas, quando está marcado o sepultamento. A Câmara Municipal divulgou uma nota de pesar em que lamenta o falecimento de Zangado. A causa da morte não foi revelada.

    O político deixa um legado de suma importância para a cidade. Ele esteve à frente da Câmara Municipal no biênio de 1989/1990, época em que foi elaborada a 1ª Lei Orgânica do município.

    Zangado nasceu em Ilhabela, mas escolheu São Sebastião para viver. Petroleiro, chegou a política em 1988 como vereador. Reconhecido como político, bastante querido recebeu o “simpático” apelido pelo fato de ser considerado uma pessoa aparentemente carrancuda.

    Mas, bastava conhecê-lo para ver que era justamente o contrário. A reportagem do JDL teve a oportunidade de entrevistar Zangado por diferentes vezes e sabia da sua capacidade de contar boas histórias e do seu amor por São Sebastião e seu povo.

    Na década de 90, nas eleições municipais, em 1996, foi o vereador mais votado pelo PSB (Partido Socialista Brasileiro) e quatro anos depois, já em 2000, saiu candidato a vereador pela terceira vez pelo PV (Partido Verde).

    De uma época em que a política era outra, Zangado nunca deixou de honrar o apelido e se posicionar contra o que não lhe agradava. O JDL tentou falar com o filho do político, mas não obteve retorno.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.