• Os alunos da Escola Municipal Iracema França Lopes Correa, localizada no bairro da Água Branca, em Ilhabela, realizaram nesta quinta-feira (27/10), uma visita ao Viveiro Municipal Aroeira. As crianças puderam conhecer a unidade e tirar dúvidas sobre o trabalho realizado e conhecer diversas plantas que, até então, não haviam tido nenhum contato.

    A coordenadora da escola, Natali Doria, falou da importância dessa visita como uma maneira de aproximar as crianças da natureza, além de projetos de educação ambiental que já são desenvolvidos no ambiente escolar. “Temos horta e outras plantas em que as crianças cuidam todos os dias, então é uma forma de aproximar e trazer as crianças pra conhecer o viveiro e a variedade de plantas que temos aqui na Ilha”, destacou.

    Um dos responsáveis pela parte de produção de plantas, Irislei da Silva, contou que um dos trabalhos desenvolvidos no viveiro é a produção das espécies da Mata Atlântica, além da educação ambiental que consiste em apresentar algumas espécies de plantas que muitas pessoas não conhecem ou não ouviram falar. “É interessante a gente começar a fazer esse trabalho com as escolas desde o ensino básico até os adolescentes, porque é uma forma de estarmos propagando o conhecimento da nossa Mata Atlântica”, salientou.

    O Auxiliar de Primeira Infância, Marcio Castilho, falou sobre como esse contato direto entre as crianças e a natureza pode gerar frutos futuramente e despertar uma atenção maior para a preservação ambiental. “É interessante a gente trazer as crianças aqui, pois elas conhecem o meio ambiente, a natureza, aprendem a preservar e conhecer novas plantas. O princípio é esse, ensinar essas iniciativas para que fiquem mais espertos e não destruam isso no futuro”.

    Além das crianças, dois grupos de idosos, hipertensos e diabéticos da UBS do Itaquanduba, aproveitaram para conhecer o Viveiro e foram acompanhados por agentes comunitários do posto de saúde.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.