• Marcello Veríssimo

    Setembro foi o mês menos violento do ano no Litoral Norte. De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, foram registradas apenas duas mortes violentas no mês passado.

    Os homicídios foram registrados em Caraguatatuba, que está entre os municípios mais perigosos da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e do estado de São Paulo.

    De acordo com a SSP, no geral, Caraguatatuba lidera o número de assassinatos no litoral. Nos primeiros nove meses de 2022 foram 24 casos de homicídio registrados na cidade.

    A cidade prepara uma ofensiva para manter a segurança na próxima temporada de verão. Além do reforço da Polícia Militar, o prefeito Aguilar Júnior (MDB) já anunciou que a Guarda Municipal começará a atuar nas ruas.

    A cidade ainda instalará 148 câmeras de monitoramento nos principais pontos de trânsito de pessoas.

    Outras – Em Ubatuba foram registrados 18 homicídios, São Sebastião foram sete e em Ilhabela apenas dois casos nos primeiros nove meses do ano, totalizando 51 mortes violentas.

    Os casos de roubo a mão armada também permanecem em elevação. Até agora são 548 registros de roubo, sendo que 263 aconteceram na região de Caraguatatuba.

    Em setembro, a cidade registrou 26 ocorrências; Ubatuba 19, São Sebastião 17 e dois em Ilhabela. Já os números de latrocínio, roubo seguido de morte, caíram. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, apenas Caraguatatuba registrou um caso no mês de abril.

    Em setembro foram nove roubos de veículos na região, sendo sete em São Sebastião e dois em Ubatuba. Pelo balanço da SSP, nos primeiros nove meses de 2022 foram registrados 38 casos, somente em São Sebastião foram 16.

    Estupros – O Litoral Norte também tem demonstrado ser perigoso para as mulheres. Os números de casos de estupro se manteve alto com 145 casos entre janeiro e setembro.

    No mês passado, segundo a SSP, foram 23 casos: 12 em Caraguá, 6 em Ilhabela, 3 em São Sebastião e 2 em Ubatuba.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.