• A Escola Municipal de Vela de Ilhabela “Lars Grael” recebeu entre os dias 26 e 29 de outubro, a 10ª Copa Brasil de Vela 2022. O evento reuniu mais de 140 velejadores, nacionais e internacionais, inclusive da Grécia e Suíça nas classes Optimist (introdução à modalidade), até as categorias olímpicas.

    “A Copa Brasil de Vela reforça nosso título de Capital Nacional da Vela. Parabéns a todos os velejadores que participaram da competição e mostraram toda a técnica e habilidade em nosso canal. Ilhabela está sempre de portas abertas para todos os velejadores”, destacou o Prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci.

    Representando a Escola Municipal de Vela de Ilhabela, destaque para as velejadoras Malena Pisccinelli e Iker Colen (EVI), campeãs pela classe Tempo;

    Matias Sales e André Reis, campeões na classe Dingue; Matheus Bombini, campeão pela classe Optimist Estreantes e Felipe Fridrich, campeão na Optimist Veteranos.

    Pela classe 420, o título também ficou para Ilhabela, com a dupla Alex Kuhl e Gustavo Henrique (Yacht Club de Ilhabela). Na classe Kite Tubular Masculino, o grande campeão foi o ilhabelense Rafael Tafuri e na IQFoil Feminino, vitória da velejadora Giovanna Prada, representante a BL3 Escola de Iatismo de Ilhabela.

    Um dos destaques do evento foi a presença do velejador Mateus Isaac, campeão na classe IQFoil. Sete vezes campeão Brasileiro de windsurfe e dono de seis títulos da World Tour, Issac mais uma vez mostrou todo seu talento nas águas de Ilhabela, praticamente o quintal da casa do velejador, que realiza seus treinamentos na cidade.

    Medalhistas olímpicos como Torben Grael e Bruno Prada prestigiaram os velejadores durante a Copa Brasil de Vela. Os velejadores e toda a comissão técnica da CBVela puderam ver de perto a evolução dos meninos e meninas, futuro da modalidade.

    “É um prazer enorme ver tanta gente participando de um evento que é muito importante para o futuro da vela. Então, é muito bom chegar aqui, encontrar esse entusiasmo, essa quantidade de velejadores, principalmente, jovens, que serão no futuro próximo nossos representantes, quem sabe, nos Jogos Olímpicos. Parabéns a todos pelo evento, à CBVela, a todo mundo que trabalhou na organização”, disse Torben Grael, líder dos treinadores da CBVela.

    A Copa Brasil de Vela também foi importante para a nova geração da vela ganhar mais tempo de regata em competições de alto nível. O evento, que chegou à sua décima edição, foi válido também como Copa Brasil de Vela Jovem com as classes do Mundial da Juventude de 2022, Campeonato Brasileiro Interclubes de Optimist e Sudeste da Classe Finn de 2022.

    Novas classes olímpicas em Ilhabela

    Novas classes olímpicas, como a Fórmula Kite e o IQFoil (prancha) também estiveram no calendário de regatas da Copa Brasil de Vela. E os melhores do ranking do Brasil participaram do campeonato em Ilhabela.

    Na IQFoil, os destaques foram os atletas de Ilhabela, Mateus Isaac e Giovanna Prada, vencedores em seus gêneros. A raia foi única para todos as pranchas na ilha. Os dois citados são treinados por Bruno Prada, medalhista olímpico em Pequim 2008 e Londres 2012.

    Compensação Ambiental

    A Copa Brasil de Vela foi realizada com a certificação de evento neutro de carbono, do Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza – IBDN.  As emissões de gases do efeito estufa, geradas pelo combustível das embarcações de apoio às regatas, serão compensadas com o plantio de árvores nativas da Mata Atlântica em área de restauro florestal do Parque Ecológico do Tietê em São Paulo. O prefeito Toninho Colucci realizou a entrega de quatro mudas de pau brasil, fornecidas pelo Viveiro Municipal Aroeira, para a Confederação Brasileira de Vela durante a abertura oficial do evento.

    Na ocasião, a Marinha do Brasil também foi homenageada, pelos 200 anos da Esquadra Brasileira. O Capitão de Fragata, André Luiz Abreu Castelo Soares, recebeu a réplica da placa que marca o reconhecimento do papel histórico do poder naval para a conquista da Independência do Brasil das mãos do prefeito Toninho Colucci.

    A 10ª Copa Brasil de Vela foi organizada pela Confederação Brasileiro de Vela com apoio do Comitê Brasileiro de Clubes e da Prefeitura de Ilhabela.

    Campeões da Copa Brasil de Vela

    Snipe

    Enrico Francavilla e Arwen de Rey (YCSA/CBC)

    Tempo

    Malena Pisccinelli e Iker Colen (EVI)

    Finn

    Pedro Lodovici (YCI)

    Dingue

    Matias Sales e André Reis (EVI)

    29er

    João Marcelo e Luc Le Corre (ICSC/YCSA)

    49er

    Tiago Quevedo e Breno Kneipp (VDS/CBC)

    420

    Alex Kuhl e Gustavo Henrique (YCI)

    IQFoil Masculino

    Mateus Isaac (CBVela)

    IQFoil Feminino

    Giovanna Prada (BL3)

    IQFoil Sub-23

    Laura Nami (YCSA)

    ILCA 4

    Pedro Rosa (GVI)

    ILCA 6

    Gustavo Kissling (YCSA)

    ILCA 7

    Philipp Grotchmann (VDS)

    Optimist

    Estreantes – Matheus Bombini (EVI)

    Veterano – Felipe Fridrich (EVI)

    Formula Kite Feminino

    Maria do Socorro Reis (OQP)

    Formula Kite Masculino

    Bruno Lobo (CBVela)

    Kite Tubular Feminino

    Myrella Peixoto (GD)

    Kite Tubular Masculino

    Rafael Tafuri

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.