• Marcello Veríssimo

    Os surfistas de São Sebastião Gabriel Medina e Miguel Pupo, que fazem parte da WSL, a Liga Mundial de Surfe que reúne a elite do esporte em todo o mundo, não descansam e enquanto não voltam as competições internacionais fazem bonito também nos mares brasileiros.

    Na última sexta-feira(4), a dupla avançou para a terceira fase do Corona Saquarema Pro, que está sendo disputado em Saquarema, no Rio de Janeiro, até o dia 8 de novembro.

    Gabriel Medina continua mostrando sua competência após seu retorno aos campeonatos depois de quatro meses afastado devido a uma contusão no joelho. Nesta sexta, o caiçara ficou em segundo lugar, com nota 13,86, na bateria vencida pelo americano Jett Schilling. Na próxima etapa, que vai reunir os 24 melhores surfistas da competição, Medina enfrenta os sufistas Kei Kobayashi do Japão e o francês Maxime Huscenot.

    Gabriel Medina também venceu o conterrâneo Miguel Pupo neste domingo (6). A vitória, importante para o surfista, possibilitou a Medina avançar para as quartas de final da competição, ao sair da água ele era esperado por sua mãe, Simone Medina, que foi abraçar o filho. O gesto da matriarca Medina repercutiu nas redes sociais e nos perfis oficiais de fofoca no Instagram, pois segundo esses perfis Gabriel relutou em abraçar a mãe. Durante o ano, Gabriel e Simone proporcionaram um “prato cheio” aos jornalistas de fofoca protagonizando brigas públicas.

    Na terceira fase da competição, Pupo enfrentou o americano Jett Schiling e o australiano Joel Vaughan.

    Além de Puoi e Medina, os outros brasileiros também passaram para a terceira fase: João Chianca, Douglas Silva, Gabriel Sodré, Lucas Silveira e Edgard Grossia.

    Desclassificados – Os surfistas Samuel Pupo e Ryan Kainalo, de São Sebastião e Ubatuba, respectivamente, acabaram eliminados na segunda fase da competição em Saquarema. Os outros eliminados foram Thiago Camarão e Wiggolly Dantas que saìram ainda na primeira fase.

    Feminino – A surfista de São Sebastião Sophia Medina, irmã de Gabriel, acabou eliminada durante as competições do fim de semana no Saquarema Pro.

    Sophia mostrou que o talento vem de família e ainda venceu a bateria que disputou na tarde da última quinta-feira, dia 3, conseguindo 16,12, e superando a havaiana Betty Sakura e a sufista peruana Arena Vargas, ambas com 10,40 e 8,47 respectivamente.

    Mas a jovem do clã Medina não conseguiu seguir adiante nas etapas.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.