• Marcello Veríssimo

    A Polícia Ambiental no Litoral Paulista alerta para a proibição da pesca de sardinhas nas praias de toda a costa do estado. De acordo com a polícia, a cooperação da população é essencial para coibir a prática da pesca irregular neste período, realizando denúncias às bases do Litoral Norte, Centro e Litoral Sul.

    O defeso da sardinha começou no dia 1º de outubro deste ano e segue até 28 de fevereiro de 2023. O período do defeso é estabelecido pela Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pesca e Abastecimento, conforme a instrução normativa nº 18.

    Durante patrulhamento de fiscalização, nesta quarta-feira (9), uma equipe da Polícia Militar Ambiental Marítima flagrou uma rede de emalhe, que estava próximo da arrebentação na praia das Gaivotas, no interior da APAMLC (Área de Proteção Ambiental Marinha do Litoral Centro), em Itanhaém. O proprietário da rede não foi localizado.

    De acordo com a polícia, trata-se de uma rede grande com 150 metros de cabo e estacas. A rede possui 40 metros de comprimento e 1,5 metro de altura. A Polícia Ambiental informou que o material foi apreendido e, posteriormente, destruído.

    A Polícia Ambiental orienta que denúncias podem ser feitas pelos telefones (12) 3842-0123 e 3842-0355 (Litoral Norte), (13) 3348-4774 e 3348-4773 (Litoral Centro) e nas cidades do Litoral Sul (13) 3853-5750.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.