• Uma cerimônia realizada nesta sexta-feira (11), em Niterói (RJ), marcou a entrega da certificação internacional Bandeira Azul a um total de 40 praias e marinas brasileiras na temporada 2022/2023. A iniciativa, criada pela Foundation for Environmental Education (FEE), que reúne integrantes de vários países, reconhece localidades mundo afora que, comprovadamente, seguem critérios de gestão ambiental, qualidade da água e de responsabilidade social, entre outros.

    O Brasil passa a contar com 29 praias e 11 marinas certificadas na maior premiação global do gênero, um aumento de 42% em relação à última rodada anual de certificações no país, de 2021 (Confira mais abaixo a relação completa). Antes de conquistar o reconhecimento internacional, também dedicado a embarcações de turismo, os locais passaram por uma avaliação do Júri Nacional do Bandeira Azul, composto por órgãos públicos, como o Ministério do Turismo.

    O ministro do Turismo, Carlos Brito, comemora o avanço do Brasil na área e enfatiza que as melhorias contribuem para a movimentação de visitantes nos destinos nacionais. “Além da beleza natural única das nossas regiões litorâneas, oferecemos várias praias e marinas que honram compromissos ambientais. Isso, sem dúvida, se reflete em um maior interesse dos visitantes, tanto brasileiros como estrangeiros, de desfrutar dos nossos inúmeros atrativos do tipo”, observa.

    O principal objetivo da certificação, organizada no Brasil pelo Instituto Ambientes em Rede (IAC), é reforçar a participação e, consequentemente, a conscientização da sociedade, empresários e gestores públicos quanto à necessidade de se proteger os ambientes marinho/costeiro. Tal sensibilização proporciona incentivos à promoção de ações que permitam a resolução de problemas existentes na busca por qualidade e proteção ambiental.

    Presente à cerimônia em Niterói, a coordenadora-geral de Turismo Responsável do MTur, Rafaela Lehmann, enalteceu a crescente mobilização do poder público e da iniciativa privada na busca por sustentabilidade. “É uma alegria para o Júri Nacional do Bandeira Azul constatar que cada vez mais locais estão se empenhando por ações responsáveis. Para além da devida conservação ambiental, isso eleva a competitividade turística do país”, destaca.

    Confira as nove praias que receberam a certificação pela primeira vez:

    – Lagoa do Peri, em Florianópolis (SC)

    – Praia de Itaúna, em Saquarema (RJ)

    – Praia do Cerro, em Barra Velha (SC)

    – Praia do Sol, em Barra Velha (SC)

    – Praia do Forno, em Armação de Búzios (RJ)

    – Praia de Taquaras, em Balneário Camboriú (SC)

    – Praia do Cumbuco, em Caucaia (CE)

    – Praia Grande, em São Francisco do Sul (SC)

    – Praia do Ervino, em São Francisco do Sul (SC)

    Confira as cinco marinas que receberam a certificação pela primeira vez:

    – Voga Marine (foto acima), de Ubatuba (SP)

    – Iate Clube de Santos, de Angra dos Reis (RJ)

    – Iate Clube de Santos, do Guarujá (SP)

    – Marina da Conceição, de Florianópolis (SC)

    – Yacht Clube da Bahia, de Salvador (BA).

    Conheça as 20 praias que tiveram a certificação renovada:

    – Praia do Tombo, no Guarujá (SP)

    – Praia da Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, em Salvador (BA)

    – Praia Grande, em Governador Celso Ramos (SC)

    – Praia do Peró, em Cabo Frio (RJ)

    – Praia do Estaleiro, em Balneário Camboriú (SC)

    – Praia do Estaleirinho, em Balneário Camboriú (SC)

    – Praia de Piçarras, em Balneário Piçarras (SC)

    – Praia de Guarajuba, em Camaçari (BA)

    – Praia de Itacimirim, em Camaçari (BA)

    – Praia de Quatro Ilhas, em Bombinhas (SC)

    – Praia de Mariscal, em Bombinhas (SC)

    – Praia da Conceição, em Bombinhas (SC)

    – Prainha, em São Francisco do Sul (SC)

    – Praia do Forte, em São Francisco do Sul (SC)

    – Praia Grande, em Penha (SC)

    – Praia da Bacia da Vovó, em Penha (SC)

    – Praia da Saudade, em Penha (SC)

    – Praia da Sereia, em Vila Velha (ES)

    – Praia do Sossego, em Niterói (RJ)

    – Praia do Patacho, em Porto de Pedras (AL)

    Confira as seis marinas que tiveram a certificação renovada:

    – Marina Costabella, de Angra dos Reis (RJ)

    – Marinas Nacionais, do Guarujá (SP)

    – ICSC, de Florianópolis (SC)

    – Marina Kauai, de Ubatuba (SP)

    – Tedesco Marina, de Balneário Camboriú (SC)

    – Marina Itajaí, de Itajaí (SC)

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.