Marcello Veríssimo

A Polícia Militar Ambiental, em Cananéia, no Litoral Sul, conseguiu evitar uma tragédia na tarde desta segunda-feira (10). A ação, orquestrada pela equipe da 5ª Companhia de Polícia Militar Ambiental Marítima do 3°BPAmb, salvou a vida de uma mulher de 41 anos, moradora local, que aparentemente teve um surto enquanto dirigia e ultrapassou a cancela da balsa no bairro Porto Cubatão em direção a um rio. Ela também tentou arremessar os filhos pequenos de 7 e 5 anos na água.

De acordo com a polícia, a mulher foi impedida por populares em um primeiro momento. Então, ela se jogou na água e tentou ir para um local mais fundo chegando a sair do campo de visão das pessoas que presenciaram a cena. A polícia informou que, neste momento, ainda não se sabe se ela teria se afogado ou nada rumo às margens do canal.

Os populares ligaram para o 190 da Polícia Militar e uma equipe do policiamento marítimo foi acionada para ir ao local. Os agentes contaram com apoio de funcionários da Dersa e conseguiram entrar na água para iniciar a busca pela mulher. Uma equipe do Corpo de Bombeiros também participou do resgate.

De acordo com a Polícia Ambiental, a mulher, que não foi identificada, foi localizada no Rio Acaraú. Os policiais que estavam na ação de resgate disseram que ela apresentava “nítidos sinais de surto psicótico” e estava em condições de alto risco de afogamento. “Afirmando a todo o momento que iria tirar a própria vida” disse a Polícia Ambiental.

Em um trabalho de persuasão, após alguns minutos de conversa, os policiais conseguiram levá-la novamente para um local mais raso com a ajuda do Lifebelt, equipamento de salvatagem do tipo flutuador salva-vidas, que é bastante utilizado pelos policiais marítimos neste tipo de situação, ajudando a reduzir os riscos de afogamento.

De acordo com a polícia, apesar disso, a mulher ainda relutou até ser imobilizada com o objetivo de preservar a sua integridade física. A polícia informou que, durante o salvamento, o filho mais velho da vítima, que tem 19 anos, também chegou ao local e acompanhou toda a ação de resgate. “Se emocionando com a retirada da mãe da água”, informou a polícia.

A mulher foi levada para o Pronto Socorro de Cananéia, permanecendo aos cuidados da equipe médica. De acordo com a polícia, o caso foi registrado como tentativa de homicídio na delegacia da cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *