Marcello Veríssimo

A Polícia Militar, em Ilhabela, prendeu na tarde desta terça-feira (10) um homem suspeito de crime sexual contra adolescentes.

O homem, de 37 anos, trabalha na escola estadual Maria Gemma, na Barra Velha, região central do município. Ele estava na unidade de ensino quando foi preso. Nesta quarta-feira (11) o acusado deve passar por uma audiência de custódia.

A polícia informou que R.M foi flagrado por populares na praia de Santa Tereza, ao norte do arquipélago, fotografando uma adolescente de 14 anos que estaria semi nua. O flagrante é dos cabos Lopez e Carioca.

Os populares acionaram o 190 e, segundo a polícia, contaram que teriam visto o homem beijando e acariciando a menor durante as fotos.

O fotógrafo foi localizado junto com a adolescente perto do Esporte Clube Ilhabela. Ele disse a polícia, em um primeiro momento, que a adolescente seria sua sobrinha, mas se contradisse logo depois e que na verdade a jovem seria sua afilhada, mas não soube informar quem seriam os pais da adolescente.

A polícia informou que encontrou a câmera fotográfica do homem dentro da sua mochila. De acordo com a PM, ele chegou a mostrar algumas fotos da adolescente em trajes de banho e poses sensuais, mas ao ser questionado sobre as fotos da adolescente seminua o homem ficou nervoso e disse que apagaria as imagens, despertando ainda mais a desconfiança dos policiais.

Os policiais ainda encontraram mais 2 mil fotos sensuais com mulheres, muitas delas aparentemente menores de idade.

Conselho Tutelar – Durante a ocorrência, por envolver adolescente uma equipe do Conselho Tutelar de Ilhabela foi acionada para acompanhar o caso no Distrito Policial. De acordo com a polícia, a mãe da jovem também foi avisada.

De acordo com o artigo 240 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), é proibido produzir, reproduzir, dirigir, filmar, fotografar ou registrar, por qualquer meio, cenas de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança e adolescentes. Se condenado, a pena varia de 4 a 8 anos de prisão e multa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *