Marcello Veríssimo

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (24) que o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras deve subir nesta quarta-feira (25) passando de R$ 3,08 para R$ 3,31 por litro, um aumento de R$ 0,23 por litro. O primeiro aumento do ano corresponde a um valor de 7,47% maior do que o atual.

Especialistas dizem que considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 2,42 a cada litro vendido na bomba.

Isso quer dizer que o valor final repassado ao consumidor vai variar de acordo com os postos. A Petrobrás divulgou nota aos jornalistas informando que o aumento “acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio”.

O JDL conversou com motoristas da região que disseram não estar surpresos. O professor Hipólito Santana, que mora em São Sebastião, disse que já era notório que os preços estavam represados pelo Governo anterior, devido a campanha da eleição. “O que teremos que ver é se o atual Governo fará uma política justa, compondo o preço do mercado mundial com a produção brasileira”, ele disse.

De acordo com Santana, infelizmente a partir de agora muitas coisas negativas vão acontecer devido terem ficado reprimidas para tentarem ganhar a eleição. “Será difícil manter a pegada das promessas de campanha e o equilíbrio das contas públicas”.

O professor disse que abasteceu os carros da família nesta terça-feira “para termos um fôlego e vermos quanto será realmente repassado pelas distribuidoras e chegará na bomba para o consumidor”.

A técnica do seguro social aposentada do INSS, Alaide Santos, ficou bastante insatisfeita ao saber do novo reajuste no preço dos combustíveis. “O Brasil vai afundar com esse governo e já era o esperado”, disse ela.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *