“Um bem na terra, um bem no mar”: Barcos ao Mar celebram o fim do Defeso do Camarão em Caraguatatuba

C6BC3E2A-26A6-412F-AA84-BCC314BEC16E

Marcello Veríssimo

“Um pescador tem dois amor, um bem na terra, um bem no mar”. Os versos da canção de Dorival Caymmi representam bem a 24ª edição da tradicional cerimônia “Barcos ao Mar”, que marca o fim do período do Defeso do Camarão e acontece no próximo domingo (4), a partir das 10h, no Entreposto de Pesca do Camaroeiro, região central de Caraguatatuba.

Envolvendo religiosidade e espiritualidade, a cerimônia é o momento em que a comunidade pesqueira da cidade se reúne para pedir a proteção de São Pedro Pescador e de Nossa Senhora dos Navegantes, antes do início da pesca do crustáceo, e também é considerado como o start para a realização do Festival do Camarão, marcado para o dia 14 de julho na Praça da Cultura.

O Barcos ao Mar é uma realização da Fundação
Educacional e Cultural de Caraguatatuba (FUNDACC) e da Associação de Pescadores da Praia do Camaroeiro.

Durante o evento, os pescadores participam da procissão por terra, onde os fiéis carregam o andor com as imagens de São Pedro Pescador e de Nossa Senhora dos Navegantes, depois de serem abençoados pelo padre Cláudio Rodrigues da Silva, pároco da Igreja Santa Terezinha.

Depois do cortejo a pé, todos seguem para o píer da praia do Camaroeiro de onde partem para uma procissão marítima com os barcos enfeitados. Este ano a cerimônia vai homenagear o pescador Glaidson Alves Macedo, conhecido como Gresso.

Serviço

Cerimônia ‘Barcos ao Mar’

Data: 4 de junho (domingo)

Horário: 10h

Local: Avenida Dr. Arthur da Costa Filho, Centro (final da praia do Camaroeiro).

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias