Marcello Veríssimo

O FunBea (Fundo Brasileiro de Educação Ambiental) divulgou nesta quinta-feira (5) um alerta para risco de crise hídrica nas comunidades tradicionais caiçaras em Ilhabela.

De acordo com o FunBea, essa é a realidade atual das comunidades que vivem na Ilha de Búzios, ao nordeste do arquipélago, e da Ilha Vitória, ao norte. A moradora da Ilha Vitória, Viviane Costa, disse que no local moram 23 famílias. “Já está difícil água pra fazer comida, lavar louça, tomar banho. A gente tenta economizar o máximo que puder para não faltar de vez. Nós estamos passando pela estiagem e este ano está sendo pior pela falta de chuva”.

A comunidade tem consumido água de uma nascente. Mas, de acordo com moradores, precisam esperar a caixa d’água encher 100 litros, volume de água que acaba em um dia.
“Deixamos juntar para retirar, porém estamos recebendo água da Prefeitura de Ilhabela, por que agora não dá mais pra fazer tudo com a água da nascente”, explica Viviane.

Búzios

Na ilha de Búzios, a comunidade da Guanxuma, vive situação semelhante. Os poços artesianos usados pela comunidade estão secos, assim como as nascentes.

Nessa comunidade, vivem 22 famílias, aproximadamente 80 pessoas também com dificuldade de acesso à água. Para contornar a situação, os moradores da ilha já apresentaram uma proposta na prefeitura com o objetivo de captar água de duas nascentes localizadas na costeira de forma emergencial, por uma caixa d’água que distribua para as casas. “Pedi para a Prefeitura colocar mangueiras e uma outra caixa instalada na metade do caminho e dar água para as pessoas. Usamos água para tudo!”, disse a moradora Kátia Regina Guimarães.

Crise Antiga

A possibilidade de uma crise hídrica aos moradores destas ilhas é antiga. Um estudo de 2004, realizado pela Funcate (Fundação da Ciência, Aplicações e Tecnologias Sociais) já apontava dificuldade no abastecimento de água nessas ilhas. O Mapeamento e Caracterização Socioambiental das Ilhas Ocupadas do Litoral Norte do Estado de São Paulo teve financiamento do Fehidro ( Fundo Estadual de Recursos Hídricos).

De acordo com os especialistas, apesar de terem
autonomia na captação da água, as comunidades precisam ser orientadas para o uso conscientes, proteger as nascentes e conseguir manter a qualidade hídrica das captações.

No Litoral Norte, segundo o Comitê de Bacias Hidrográficas, o uso da água por captações alternativas chegam a mais de 40%.

As ilhas de Búzios e Vitória integram o Parque Estadual de Ilhabela, gerenciado pela Fundação Florestal.

Prefeitura

A Prefeitura de Ilhabela e a Sabesp realizaram nos dias 19 e 20 de setembro uma ação que levou 12 mil litros de água à Ilha da Vitória. De acordo com a prefeitura foram necessários oito contêineres de mil litros que foram utilizados para o transporte, além de mais 4 mil litros no barco que fez o transporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *