São Sebastião entrega monitores de glicemia para pacientes de 4 a menores de 17 anos com Diabetes Mellitus tipo 1

São Sebastião entrega monitores de glicemia para pacientes de 4 a menores de 17 anos com Diabetes Mellitus tipo 11

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde (SESAU), fornecerá monitor glicêmico para crianças a partir de 4 anos de idade a adolescentes menores de 17 anos, portadores de Diabetes Mellitus tipo 1, usuários da rede municipal de saúde. Serão beneficiados, inicialmente, cerca de 15 usuários.

A entrega dos sensores ocorrerá na próxima terça-feira (14), data em que se comemora o Dia Mundial do Diabetes, a partir das 9h, no Teatro Municipal, à Avenida Dr. Altino Arantes, 2, no Centro Histórico.

Também são contempladas pelo Programa de Controle com FreeStyle Libre gestantes de alto risco mas, atualmente, não há pacientes nessa condição no município.

O monitor glicêmico FreeStyle Libre é um dispositivo que realiza o monitoramento de glicose a partir de um sensor, aplicado na parte superior do braço, sem a necessidade de furar o dedo. Por meio de um monitor ou aplicativo de celular, é possível realizar a leitura dos níveis de glicose quantas vezes o usuário desejar.

De acordo com o protocolo, têm direito a receber o monitor glicêmico os usuários que, após passar por consulta com endocrinologista da rede municipal, tiverem indicação do uso.

No mês de outubro, a SESAU promoveu capacitação de profissionais da rede municipal de saúde para aplicação do monitor glicêmico e interpretação do gráfico gerado pelo equipamento.

O vice-prefeito e secretário de Saúde, Reinaldo Moreira, explica que São Sebastião é o quarto município no Brasil a entregar o FreeStyle Libre na rede pública e o primeiro a disponibilizar as insulinas Tresiba e FIASP, as mais potentes do mercado.

“Libre não é um luxo, é um equipamento que oferece qualidade de vida e pode até mesmo salvar vidas. Quero que São Sebastião seja exemplo para todo o país em relação a esse cuidado com os usuários”, diz.

O coordenador médico da Diretoria de Atenção Básica da Fundação de Saúde Pública, Sérgio Jeremias, explica que o novo sistema para o monitoramento de glicemia é revolucionário, pois permite que se faça um grande número de aferições por dia, trazendo muitos dados para o paciente e o médico, o que auxilia no ajuste da alimentação e na dosagem da medicação, principalmente da insulina, resultando em melhor controle da enfermidade.

O endocrinologista da rede pública de São Sebastião, Frederico Martins Cordeiro, explica que este é um programa inovador da Prefeitura de São Sebastião.
“O FreeStyle Libre é o que temos de mais moderno hoje no mercado. Aferindo a glicose em tempo real, podemos corrigir mais rapidamente, evitando sequelas no futuro”, diz.

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias