Marcello Veríssimo

A gestora administrativa Elaine Cristina Marcílio Costa da Silva, 47, moradora de Ubatuba, percorreu a pé 92 dos 110 km até Aparecida durante a 23 Romaria até o Santuário Nacional, que reuniu mais de 500 pessoas.
“Nunca pense em parar, nunca. Parar é desistir”, disse ela.

A história de vida de Elaine repercutiu nas redes sociais e na imprensa pela coragem da gestora que evitou apenas os trechos do final da serra que é uma descida íngreme cheia de buracos. Nestes pontos Elaine optou por seguir em um carro de apoio.

A trajetória de Elaine chama atenção depois que ela precisou amputar parte da perna esquerda após um acidente de moto há 26 anos, em 1998.

A partir daí, Elaine nunca mais parou e passou a olhar a vida sob uma outra perspectiva.

Ela contou aos jornalistas que a motivação para continuar vivendo e com qualidade foi fundamental para ela superar mais um desafio: ir até o Santuário Nacional para cumprir uma promessa feita a Nossa Senhora Aparecida.

Elaine foi determinada e a perna mecânica não foi empecilho para ela subir a serra de Ubatuba e caminhar até Lagoinha, depois para Aparecida, entre os dias 23 e 25 de novembro.

A gestora disse que teve medo de se machucar e não conseguir terminar a romaria, segundo ela, um desafio muito grande. “No final do primeiro dia, pensei que não ia aguentar por estar muito cansada. No dia seguinte, levantei novamente e falei: ‘vamos embora que foi para isso que vim”.

Taubateana de nascimento e caiçara de coração. Elaine mora em Ubatuba há 40 anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *