Marcello Veríssimo

A Polícia Civil, no Vale do Paraíba, encontrou neste sábado (6) a área em que o helicóptero Robinson R44, que está desaparecido desde o dia 31 de dezembro, fez um pouso de emergência antes de voltar a voar e desaparecer.

De acordo com a polícia, o local fica em Paraibuna, próximo de uma represa. No entanto, segundo a polícia, o mistério continua, pois não foram encontrados nenhum vestígio da aeronave ou da tripulação.

Neste sábado, as buscas completaram seis dias. De acordo com a polícia, o local em Paraibuna foi localizado após o rastreio do sinal do telefone celular da jovem Luciana Rodzewics, uma das tripulantes.

O delegado Clemente Calvo Castilho, da Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil, disse que o local foi encontrado, mas que ainda é cedo para afirmar que foi um pouso de emergência. “Foi um pouso. O piloto pode ter pousado para esperar melhores condições climáticas”, disse o delegado.

Nesta semana, a polícia deve traçar novas rotas de buscas e investigação.

Objeto

Também na tarde deste sábado (6), um drone que sobrevoou a área registrou a imagem de um objeto suspeito entre as árvores. No entanto, o helicóptero Pelicano, da Polícia Civil, esteve no local e constatou tratar de um tronco entre árvores.

De acordo com o delegado Clemente Calvo, a suspeita era de um objeto similar a uma pá de aeronave. “O drone tem auxiliado bastante, porque, em virtude das copas das árvores, a aeronave, se eventualmente caiu em região de mata, fica imersa pela vegetação, então o drone auxilia. Estamos fazendo essa checagem ponto a ponto, sem desprezar qualquer tipo de informação”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *