A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Divisão Socioambiental da Secretaria de Meio Ambiente (SEMAM), instalou no começo deste ano uma nova ecobarreira. Desta vez, no córrego da Avenida Oscar Niemeyer, no bairro Canto do Mar, com o objetivo de conter os resíduos que podem chegar ao mar e nas áreas de mangue do Bairro da Enseada.

A nova ecobarreira já é a terceira implantada pela SEMAM, depois de duas no córrego Mãe Isabel, na Topolândia, e será mantida em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos (SESEP). Ela foi construída pelos alunos João Leal, Maria Cunha, Fábio Fonsceca e Giovanna Ceconello, do 5º ano do ensino fundamental I de uma escola particular da capital paulista, durante seu projeto semestral, cujo tema era a ‘Limpeza dos Oceanos’.

Quando os alunos decidiram fazer a ecobarreira, preocupados em colocar o projeto em prática, saíram em busca de parceiros que pudessem instalar e fazer a retirada periódica do lixo e entraram em contato com o Programa ‘Mar sem Lixo’, executado pela Fundação Florestal do Estado de São Paulo por seis governos municipais do litoral paulista, incluindo a Prefeitura de São Sebastião.

Por meio do Programa, que foi inaugurado em São Sebastião em novembro de 2023, a barreira foi construída pelas crianças sob a orientação técnica da equipe da Divisão Socioambiental da SEMAM.

Lixo no Mar

O lixo no mar é um problema Global, e o Brasil é um de seus grandes poluidores. Dados científicos mostram que o lixo afeta mais de 1.400 espécies marinhas e que todos os dias mais de 660 espécies de animais morrem por inanição ou asfixia. 90% das aves marinhas do mundo possuem fragmentos plásticos em seu estômago. Tartarugas, golfinhos, baleias e centenas de animais morrem todos os anos por ingestão de plástico ou emaranhamento em resíduos presentes no mar.

O lixo não impacta apenas o meio ambiente, mas também a pesca e até a saúde humana. Estudos recentes estimaram que, em média, os humanos podem ingerir 0,1–5g de microplásticos por semana, já que o plástico está presente em peixes, crustáceos e outros animais dos quais nos alimentamos.

Ecobarreiras e novo destino para o lixo

O lixo retirado dos rios de São Sebastião, formado em sua maioria por plásticos, já está sendo direcionado para a Cooperativa de Reciclagem União de São Sebastião (Copersuss), que faz importante trabalho de triagem e encaminhamento dos resíduos para reciclagem, gerando renda para a população e evitando a poluição do ambiente marinho, ao dar o destino correto e sustentável para esse resíduo.

“Estamos muito felizes de ver a ecobarreira dos alunos ser colocada em prática pela Prefeitura de São Sebastião, fortalecendo o Programa Mar sem Lixo, já que lixo no mar é um problema ambiental e social que só poderá ser combatido se tiver o real envolvimento de todos os setores da sociedade e com ações práticas e efetivas. A ecobarreira é, sem dúvida, uma das melhores formas de combater a chegada do lixo nos manguezais, praias e fundo do mar, principalmente na temporada de verão quando os municípios costeiros estão lotados, e ainda pode gerar renda para as cooperativas” afirma Joana Fava Cardoso Alves, Bióloga, voluntária do Programa Mar sem Lixo, que fez a ponte entre o projeto das crianças e a Prefeitura de São Sebastião.

Programa Mar sem Lixo

O Programa Mar sem Lixo e suas ações: quem passar pelo bairro do São Francisco poderá visitar o Ponto de Retirada de Resíduos retirados do Mar (PRRM), onde pescadores de camarão entregam o lixo que vem nas redes e são remunerados por este serviço ambiental.

Nos PRRMs também há caçambas educativas para entrega voluntária de resíduos produzidos nas embarcações de esporte e recreio que embarcam e desembarcam no bairro do São Francisco para fazerem passeios na temporada de verão.

Conheça mais sobre as ações ambientais da SEMAM em https://www.saosebastiao.sp.gov.br/noticia-lista-tema.asp?tema=Meio%20Ambiente e sobre o Programa Mar sem Lixo acessando o link https://fflorestal.sp.gov.br/mar-sem-lixo/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *