Marcello Veríssimo

Uma corrida contra o tempo e pela vida. Policiais rodoviários da 3ª Companhia, que é vinculada ao 6º Batalhão de Polícia Rodoviária Federal, escoltaram um turista até a capital paulista depois que ele recebeu um telefonema sobre um órgão compatível para a realização do transplante.

O turista, de 53 anos, identificado apenas como Rogério, aguardava na fila do transplante por mais de 3 anos. De acordo com a polícia, o senhor Rogério passava o final de semana com a família em Ubatuba quando recebeu o telefonema do hospital. Ele sofre de insuficiência renal crônica.

Rogério aguardava por três anos a oportunidade de realizar o transplante, mas deveria ser encaminhado para a maior cidade do país com urgência, em razão das condições do doador.

De acordo com a polícia, ao pedir ajuda para os policiais rodoviários, a escolta foi realizada com urgência, o que possibilitou o sucesso do transplante.

Já bem de saúde, o turista fez questão de agradecer e homenagear os policiais que salvaram sua vida presencialmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *