Marcello Veríssimo

A Rodovia Rio-Santos (SP-55) entre São Sebastião e Caraguatatuba continua congestionada nesta terça-feira (23).

Desde o início da manhã, motoristas e usuários do transporte coletivo reclamam do nó no trânsito, que começou na segunda-feira.

A reportagem do JDL recebeu fotos e vídeos que mostram os motoristas ainda enfrentando congestionamento.

Nesta terça-feira, a situação piorou por conta da interdição da serra antiga, na Rodovia dos Tamoios (SP-99), que está interditada por conta do alto volume de chuva.

De acordo com a concessionária que administra a rodovia, a pista da serra nova vem operando no esquema de comboio em pare e siga, ora no sentido Litoral Norte, ora no sentido Vale do Paraíba.

O DER (Departamento de Estradas de Rodagens) mobilizou agentes de trânsito para ajudar o trânsito nos trechos mais complicados para os motoristas.

A situação é semelhante a desta segunda-feira (22) quando motoristas viveram um dia de caos na rodovia.

Relatos que circulam na internet, além de fotos e vídeo mostram que a viagem que normalmente é feita em aproximadamente 40 minutos de ônibus circular e meia hora de carro chegou a seis horas entre os dois municípios.

Os motoristas e a população que anda de ônibus estão se adequando a essa nova situação, saindo de casa mais cedo e também usando rotas alternativas para escapar do congestionamento. “Está parecendo São Paulo, mas a gente consegue”, disse o motorista de aplicativo Fernando Santos, que seguia pela orla da praia no centro de Caraguatatuba até o Porto Novo, bairro já próximo da divisa com São Sebastião.

Obras – Entre as centenas de reclamações, está a sugestão das obras serem feitas no período da noite quando o fluxo de veículos é menor.

Os motoristas também cobram a liberação do Contorno Sul, que vai ligar São Sebastião e Caraguatatuba, como uma forma de desafogar a Rio-Santos durante as obras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *