Marcello Veríssimo

A Polícia Civil, em São Sebastião, procura o motorista de aplicativo, que ficou conhecido como “Uber estuprador”, suspeito de ser o autor de uma tentativa de estupro contra uma jovem na noite do último sábado (3).

A mulher foi abordada enquanto aguardava um ônibus na rodovia Rio-Santos (SP55), altura do bairro Paúba, costa sul de São Sebastião.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 22h. Nesse horário, a vítima disse à polícia ter sido abordada por um homem encapuzado que a ameaçou com uma faca, levando-a para perto de uma caçamba de lixo, e tentou tirar a roupa dela para estuprá-la.

Mas segundo a polícia, a vítima conseguiu escapar e saiu correndo pedindo por socorro. O motorista entrou no carro e fugiu pela rodovia rumo ignorado.

O criminoso, que não teve sua identidade divulgada, esqueceu que atualmente os veículos são facilmente rastreados.

Foi o que aconteceu.

Durante sua fuga, o sistema de câmeras do COI (Centro de Operações Integradas) pelo sistema Muralha Eletrônica identificou o veículo suspeito, um Hyundai HB20 prata, com placas de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Após a repercussão do caso, que viralizou nos grupos de mensagem do WhatsApp, a GCM de Caraguá localizou o motorista no bairro do Sumaré, na região norte da cidade. O flagrante foi registrado na tarde desta segunda-feira (5).

Por um descuido dos GCM’s, durante a checagem dos documentos, o criminoso conseguiu fugir. O carro foi apreendido, além da carteira de habilitação e a faca que estava em poder do bandido.

De acordo com comentários e mensagens na internet, pode haver mais vítimas do motorista que devem ter coragem para denunciar. As outras especulações, segundo fontes da reportagem, não são oficiais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *