Marcello Veríssimo

A mãe do surfista de Maresias, Gabriel Medina, voltou a chamar atenção nas redes sociais e na imprensa de celebridades durante o fim de semana. Simone Medina postou no seu perfil do Instagram fotos ao lado do tricampeão mundial de surfe, dos outros dois filhos e de familiares na última sexta-feira (16), e desde então virou assunto nos dias subsequentes na maioria dos portais da internet e perfis de fofoca.

É que a postagem faz uma reflexão sobre o traição e os seguidores da mãe do surfista lembraram que a briga entre eles começou enquanto Gabriel ainda era casado com Yasmin Brunet, atualmente no elenco do BBB 24.

A mãe de Gabriel citou uma passagem bíblica em Mateus 26: 48. “E o que o traía tinha-lhes dado um sinal, dizendo: O que eu beijar é esse; prendei-o. 49. E logo, aproximando-se de Jesus, disse: Eu te saúdo, Rabi; e beijou-o. 50. Jesus, porém, lhe disse: Amigo, a que vieste? Então, aproximando-se deles, lançaram mão de Jesus, e o prenderam'”.

Simone Medina disse que ama essa passagem bíblica, pois ela relata a traição de Judas com um beijo em Jesus e ainda o chama de ‘amigo’. “É lindo, a falta de caráter de Judas não mudou a essência de Jesus. Essa aí sou eu, podem me bater , podem me beijar, nada pode mudar o que me move, o Espírito Santo, família e amigos. Amo vocês até depois do fim”.

Movimento

Simone Medina disse ainda que o que a move não pode pará-la. “Não para, não para, não para, não! (Não consegui colocar todos os amigos que, graças a Deus, são muitos). Amigos, sintam-se neste mover, vocês fazem parte dele. Obrigada, Deus!”.

A matriarca da família Medina recebeu apoio dos seguidores. “Que alegria vocês juntos novamente, Deus abençoe e proteja sempre, família é nosso maior bem”, disse uma internauta. “Ah, que notícia maravilhosa. Tínhamos certeza desse retorno, parabéns Simone, só quem é mãe sabe o que é essa sensação de ter os filhos nos braços”, disse outra.

Mesada

Na época da briga, a mãe do surfista teria acusado Yasmin Brunet de fazer a cabeça dele contra ela. O caso foi parar na Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *