Marcello Veríssimo

Com o fim do Carnaval e o início do ano útil, efetivamente começam a tramitar os processos burocráticos em diversos sistemas sociais. No sistema penitenciário, o mais polêmico deles é o benefício da saidinha temporária.

Na primeira saidinha do ano 3.600 presos devem deixar as penitenciárias da Região Metropolitana do Vale do Paraíba, que inclui os municípios do Litoral Norte nesta terça-feira (12) devendo retornar para o sistema no próximo domingo (17).

O CDP (Centro de Detenção Provisória), em Caraguatatuba, deve colocar 93 detentos em liberdade neste período.

De acordo com a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), a cidade da região que mais oferece o benefício da saidinha, garantido por lei, é Tremembé, no Vale do Paraíba, onde na saidinha anterior, em 22 de dezembro do ano passado, 3.209 presos ganharam as ruas.

Tremembé é a cidade do Vale que abriga os presídios com os chamados “presos estrelas de Hollywood”, que cometeram crimes que abalaram a opinião pública.

Lá esteve presa Suzane Von Richthofen, que matou os pais com a ajuda do namorado Daniel Cravinhos e o irmão dele Cristian, em 2002.

De acordo com a SAP, dos criminosos que ainda permanecem presos, Alexandre Nardoni, que matou a própria filha em São Paulo,
e Lindemberg Alves, o assassino de Eloá Pimentel, voltarão às ruas nesta terça.

Eles estão presos na Penitenciária Dr. José Augusto César Salgado, a PII.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *