Marcello Veríssimo

O calendário avança, as datas festivas mudam, mas uma certeza prevalece: Páscoa é sinônimo de família, almoço em volta da mesa e muito chocolate. Apesar de muito tradicional, o Bacalhau, que é quase uma unanimidade nessa época do ano, talvez não seja a melhor opção para todos os gostos e bolsos.

Seja pelo preço ou por todos os paladares, a gastronomia atualmente possibilita uma série de substituições com uma variedade extensa de peixes tanto do mar quanto do rio.

Pensando em uma variedade de opções para o almoço do domingo de Páscoa, a realização do Festival Gastronômico no último fim de semana em São Sebastião, o JDL desafiou a chef Monica Mallet, que passou pela cozinha show do evento, a fazer uma receita prática, rápida e de baixo custo que se encaixasse no cardápio da maioria das famílias.

E a chef, que não foge de um desafio, aceitou de bom grado a missão e produziu uma receita prática, rápida, de baixo custo e saborosa, além de mostrar um prato, que foge do estereótipo cultural brasileiro que tudo tem que ser acompanhado por arroz.

Trata-se da Tilápia em Papilote. Para a receita são necessários dois filés de tilápia com pele, três cebolas roxas cortadas em rodelas, dois pimentões amarelos, 180g de tomate cereja, duas batatas grandes cortadas em rodelas, 16 azeitonas pretas, azeite a gosto e papel manteiga.

O custo médio da receita é de R$150 e serve para uma família de até quatro pessoas. A chef explica que uma das vantagens desse prato é que pode-se fazer com porções individuais. “Corte o papel manteiga em 2 partes com 40cm.
Coloque no centro do papel parte das batatas, a cebola e o pimentão, coloque o peixe com a pele virada para cima”, ela ensina.

De acordo com a chef, ao lado das batatas coloque os tomates e as azeitonas. “Regue com azeite e feche o papel como se fosse uma bala, ou um presente”.

Monica conta que deve-se repetir o mesmo processo conforme o número de filés a serem servidos. “Depois disponha os embrulhos em uma assadeira e leve para o forno pré aquecido a 180° por 30 minutos”, ela explica.

Leve

Diferente do bacalhau e de outros peixes de água salgada, a tilápia é o nome em comum dado a várias espécies de peixes de água doce. Mas, de acordo com a chef Monica Mallet, as coincidências param por aí. “Nesse calor da região, a tilápia é um peixe leve, saboroso e nutritivo, além de ser barato”, orienta.

E de fato, ao abrir o papilote é essa a impressão que se tem: de um prato leve, saboroso, nutritivo e cheiroso. “O prato reúne a proteína do peixe, o carboidrato da batata rodeados de sabor do tomate, da azeitona e do pimentão”, disse Mônica.

Sobremesa

Para a sobremesa, a chef Mônica indica um bolo suflê de chocolate, sem farinha. Seguindo a mesma linha do prato principal, a chef ensina que trata-se de um doce rápido, simples de fazer e saudável. “São apenas quatro ovos, bata as claras em neve, acrescente 200g de chocolate derretido, fermento em pó, junte as gemas, misture tudo, coloque na assadeira e leve ao forno”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *