Marcello Veríssimo

Com a chegada do mês de abril, os partidos políticos sobem mais um degrau para oficializar as candidaturas dos seus principais nomes para a disputa ao cargo de prefeito nas cidades de todo o país.

De acordo com a Justiça Eleitoral, os partidos têm até o dia 15 de agosto para concluir esse processo por meio das convenções partidárias, que devem acontecer entre os dias 20 de julho e 5 de agosto, conforme o calendário eleitoral.

É nas convenções que as siglas deliberam suas coligações e oficializam suas principais escolhas para a disputa do Executivo e Legislativo.

Na região do Litoral Norte, aos poucos, vão surgindo nomes ainda como pré-candidatos para o cargo majoritário.

Em Caraguatatuba, por exemplo, a primeira configuração rumo ao pleito municipal já está formada. Desde a semana passada, com o apoio do atual prefeito Aguilar Júnior, o nome do vereador Baduca Filho (MDB) ganhou evidência após sua pré-candidatura ser anunciada nas redes sociais.

Além disso, outros seis nomes despontam nesta corrida inicial para ganhar a preferência do eleitor.

São eles: Dr. José Ernesto, o atual vice-prefeito, pelo Republicanos, Neto Bota, ainda sem partido, Fábio Ferreira (PDT), além do ex-prefeito Antônio Carlos da Silva (PSD), que pode vir a ceder lugar para seu filho Mateus Veneziani (PSD), Coronel Stanelis (PP) e Sand Pintor, também sem partido.

Apesar do anúncio dos nomes, os pré-candidatos ainda preferem não falar com a imprensa. A reportagem do JDL tenta desde a última segunda-feira (25) falar com alguns deles, mas sem obter resposta para o pedido de entrevista.

A comunidade de Caraguatatuba, por outro lado, espera que problemas simples como a troca de uma ponte antiga no bairro Cantagalo, sejam resolvidos de forma definitiva. “Bateram dois pregos e uma ripa aqui e falaram que está pronto, isso depois da reportagem no Jornal do Litoral, mas não aí com as eleições agora eles começam a aparecer e pedir, um absurdo!”, disse um morador do bairro, que denunciou o mau estado de conservação da ponte ao JDL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *