Marcello Veríssimo

Após a divulgação de uma morte suspeita por dengue na semana passada, a Secretaria de Saúde de Ilhabela divulgou um comunicado na última quinta-feira (28) informando o adiamento de cirurgias eletivas para priorizar o atendimento dos pacientes com dengue.

De acordo com o painel estadual que contabiliza as notificações de casos de dengue, o arquipélago tem 631 casos confirmados e nenhuma morte pela doença. A morte suspeita está sob investigação do governo estadual.

A nota da Prefeitura de Ilhabela diz que para garantir o atendimento aos pacientes com dengue no Hospital Mário Covas Jr., caso necessitem de internação, “a Secretaria de Saúde de Ilhabela postergou temporariamente as cirurgias eletivas, ou seja, todas as cirurgias que não são consideradas de urgência e podem aguardar para serem realizadas posteriormente”.

De acordo com a prefeitura, desde a última quinta-feira os pacientes com cirurgias marcadas irão receber mais detalhes da equipe do hospital por meio de contato por telefone. “A Prefeitura de Ilhabela pede a compreensão de todos nesse momento de epidemia no país e lembra que a dengue pode causar morte, exigindo toda a atenção e cuidado dos governantes e da sociedade em geral”, diz a nota.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *