A ação de Limpeza deste sábado (6), realizada na Praia do Perequê, recolheu 160 kg de lixo com o apoio de cerca de 100 voluntários que se empenharam para a retirada de materiais tanto na areia quanto no mar.

Na areia, a coleta foi comandada por funcionários da Secretaria de Meio Ambiente e por integrantes do Instituto Argonauta. Na água, os atletas de Canoa Havaiana das principais bases da cidade recolheram o lixo flutuante. Todo lixo coletado ao longo da ação foi pesado, triado e direcionado adequadamente ao Centro de Triagem “Nega Malu”, localizado na Água Branca.

Dentre os objetos coletados estão os mais diversos, indo desde um aparelho de rádio antigo até um cone de sinalização que foram retirados da água. De acordo com a secretária de Meio Ambiente e Engenheira Florestal, Kátia Freire, ações como essa mostram a importância da conscientização ambiental.

“Essas ações de limpeza em forma de mutirão são extremamente importantes e necessárias na sensibilização e no envolvimento da sociedade civil, em especial de crianças e adolescentes, motivando as práticas de sustentabilidade. Infelizmente ainda existem descartes irregulares de lixo e por isso é fundamental o trabalho de conscientização quanto a preservação dos recursos hídricos e fauna marinha”, destacou.

A participante do projeto Viva Instituto Verde Azul, Mia Morete, lembrou ainda que os animais também podem sufocar com o lixo. “Não somente a ingestão é perigosa, mas eles podem se enroscar e ficarem de alguma forma presos nesses resíduos. Essa campanha é para sensibilizar mesmo a população, verem que há esse trabalho conjunto para salvar espécies que estão aqui até mesmo antes de nós”, disse.

O evento contou com apoio do Instituto Argonauta, Projeto Baleia Jubarte, Viva Instituto Verde Azul, Proa Va’a, Paddle Club Ilhabela, Esporte Clube Ilhabela, Base Alpha Ilhabela, Rotary Club de Ilhabela e Rotaract Club de Ilhabela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *