Marcello Veríssimo

Um novo agente acaba de integrar a equipe da Polícia Municipal de São Sebastião. A partir de junho, o pastor Alemão Black, de 3 anos, chega para integrar o canil da corporação.

Na última quarta-feira (8), o comandante da Polícia Municipal, André Maciel, esteve no Núcleo de Operações com Cães da Polícia Penal do Distrito Federal, onde Black passa por treinamento.

O pastor foi doado para a Polícia Municipal por um policial penal e está sendo treinado há cerca de um ano como cão farejador de entorpecentes.

Maciel disse que o pastor alemão será utilizado no serviço diário de combate ao tráfico de drogas. “E também por outras forças de segurança, como Polícia Federal, Receita Federal. Como a cidade é portuária, com certeza vai ajudar bastante esses órgãos”, disse o comandante.

A Polícia Municipal de São Sebastião ainda está em tratativas para receber mais um cão, dessa vez da raça Pastor-belga Malinois, com um ano e meio e que já passa por treinamento.

A Primeira – De acordo com a prefeitura, a cadelinha Beretta, sem raça definida (SRD) chegou à base da Polícia Municipal em fevereiro deste ano quando tinha cerca de 40 dias. Ela foi adotada pela corporação após ser abandonada em frente à sede, na região central do município.

Mas o que parecia ser uma história triste, ganhou um final feliz graças aos policiais municipais que prontamente adotaram o animal. A cadelinha já se tornou a mais nova mascote da corporação.

Agora, ela passa por treinamento com um adestrador em São Sebastião e vai trabalhar com crianças nas escolas e idosos em asilos, como cão treinada.
Black e Beretta vão integrar o Canil Policial de São Sebastião, que está em fase de implantação no município.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Sebastião, os agentes municipais também passam por treinamento para lidar com os novos colegas.

Abandonar animais é crime no Brasil desde 1998 com a aprovação da Lei Federal 9.605/98.

Há quatro anos, em 2020, a lei 14.064/20 endurece a pena para os infratores ainda mais, que agora pode chegar a cinco anos de prisão e multa.

Denúncias sobre o abandono de animais podem ser feitas pelo telefone 153.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *