A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde (SESAU), inicia a imunização de crianças de 10 a 14 anos, 11 meses e 29 dias a partir desta quarta-feira (15). Desde o início da campanha, na quarta-feira (8), 33 crianças de 10 a 11 anos já foram imunizadas.

O município recebeu 1.460 doses da vacina, que estarão disponíveis a este público de terça a quinta-feira, das 9h às 16h, em todas as Unidades de Saúde da Família (USFs). As crianças devem ser levadas à USF com a carteirinha de vacinação e acompanhada de um responsável.

De acordo com a SESAU, crianças que nos últimos seis meses tiveram dengue confirmada, ou duas ou mais manifestações de sintomas como náuseas, vômitos, erupção na pele, dor no corpo, dor de cabeça, dor atrás dos olhos também devem aguardar seis meses para tomar esta vacina.

O Ministério da Saúde preconizou que o esquema de vacinação da dengue é composto por duas doses, com intervalo de três meses entre a primeira e segunda doses. Adolescentes com potencial para engravidar devem evitar a gravidez por pelo menos um mês após a vacinação.

A vacina contra a Dengue é contraindicada para pessoas com imunodeficiência congênita ou adquirida, incluindo aqueles que recebem terapias imunossupressoras, tais como quimioterapia ou altas doses de corticosteroides sistêmicos no prazo de quatro semanas anteriores à vacinação.

Ela também não deve ser aplicada em pessoas com anafilaxia ou reação de hipersensibilidade a qualquer componente ou à uma dose anterior dessa vacina, pessoas com infecção por HIV e gestantes e adolescentes que estejam amamentando (lactantes).

Ainda segundo a SESAU, crianças que tomarem a vacina contra a dengue e apresentarem sintomas da doença deverão ser levadas à USF de referência para serem avaliadas.

Em todo município de São Sebastião, a SESAU já registrou 9.536 notificações de casos suspeitos da doença. Deste total, foram confirmados 3.496 casos e descartados 6.040 até esta terça-feira (14).

A cidade tem agora cinco casos de mortes suspeitas pela doença e uma morte suspeita de pessoa não residente em investigação pelo Instituto Adolf Lutz (IAL).

Uma morte por dengue no município foi confirmada pelo IAL na semana passada. Esta morte foi de um homem de 27 anos, morador de Barra do Sahy.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *