• A quinta edição da Copa Brasil de Vela 2022 começou na última quarta-feira (26), com 140 velejadores, na Escola de Vela Lars Grael, em Ilhabela (SP). Organizada pela CBVela – Confederação Brasileira de Vela, com apoio da Prefeitura de Ilhabela e da FEVESP – Federação de Vela do Estado de São Paulo, a competição nacional teve regatas durante todo o dia.

    Os fortes ventos nas raias marcaram a abertura do evento. Os velejadores precisaram encarar o vento leste de 15 nós com rajada de 20 nós, que entrou às 12h e permaneceu durante as regatas de classes olímpicas e tradicionais da modalidade. A disputa reúne barcos de Snipe, Dingue, 29er, 49er, 420, ILCA 4, ILCA 6, ILCA 7 e Optimist. Alguns atletas enfrentaram problemas nos barcos e precisaram fazer ajustes na Escola de Vela Lars Grael.

    A dupla formada por Tiago Quevedo e Breno Kneipp deu mostras da boa fase, que teve recentemente a conquista do quarto lugar no Mundial de 49er Júnior. Tiago e seu proeiro Breno chegaram na primeira colocação geral após três regatas desta quarta-feira, à frente de Gustavo AbduKlech e Nicolas Bernal.

    “Foi uma condição clássica de Ilhabela. Um vento Leste, que começou bem forte! No 49er corremos três regatas e nosso desempenho foi muito bom. Estou feliz com a velocidade do barco e agora é torcer para os próximos dias continuar com boas condições de regatas”, explicou Tiago Quevedo.

    Vice-Presidente da CBVela e organizador das regatas da Copa Brasil, Daniel Azevedo analisou o primeiro dia de competições e explicou a importância da relação dos atletas jovens com os velejadores experientes.

    “Foi um dia muito especial! Conseguimos tocar as regatas e isso no primeiro dia de competição é muito importante. A proposta da Copa Brasil é ser democrática. A cidade de Ilhabela é a capital nacional da Vela, e conseguimos reunir competidores de todas as idades e níveis técnicos”, afirmou Daniel Azevedo.

    A competição nacional prossegue com as regatas até o domingo, 30 de outubro. A X Copa Brasil de Vela vale também como Copa Brasil de Vela Jovem com as classes do Mundial da Juventude de 2022, Campeonato Brasileiro Interclubes de Optimist e Sudeste da Classe Finn de 2022.

    Sobre a CBVela

    A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

    A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.