Marcello Veríssimo

Ubatuba atualizou nesta segunda-feira (13) o número de casos de Dengue e Chikungunya registrados ao longo deste ano. De acordo com o novo boletim, são 647 casos de dengue e dois de chikungunya. Os dados são da Vigilância Epidemiológica, vinculada à Secretaria de Saúde do município.

De acordo com o levantamento, 227 exames de dengue ainda aguardam o resultado. Outros
2.507 deram resultado negativo.

O bairro Estufa 2 segue líder em casos registrados com 114. O Centro contabiliza 87, o Ipiranguinha 54. Além destes, ainda estão com altos índices o bairro Perequê-Açu com 52 e Taquaral e Itaguá com 28 casos cada um.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, entre os casos positivos 41 são considerados importados, ou seja, os pacientes contraíram a doença em outras cidades e voltaram para o município.

Com relação aos casos de chikungunya, os pacientes estão no bairro Rio Escuro e outro no bairro Perequê-Açu.

A secretaria informou que continua com os cuidados para coibir o avanço do mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças.

O setor de Endemias tem realizado mutirões contra o mosquito, serviços de nebulização, vistoria de casas e comércios, além de orientações a moradores e turistas para eliminar os criadouros. A orientação é que as pessoas fiscalizem suas casas e quintais para evitar deixar água parada em pneus, vasos de plantas, garrafas ou outros recipientes que possam permitir a reprodução do mosquito.

Reunião – O Comus ( Conselho Municipal de Saúde) realiza nesta terça-feira (14) uma reunião no Teatro Municipal Pedro Paulo Teixeira Pinto, que deve discutir novas estratégias para conter o avanço do Aedes aegypti na cidade, a partir das 14h. A reunião é aberta ao público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *