Marcello Veríssimo

Patrimônio da música brasileira e um dos ritmos mais praianos que existem, o forró trouxe alegria extra para Ilhabela neste mês. Os empresários Rodrigo Ribeiro Rehder e seus sócios Frederico Romera e Tony do Limoeiro ainda comemoram o prêmio SP Forró, recebido no último dia 17, pelo festival Forró na Ilha.

Essa é a primeira vez que uma premiação deste tipo é realizada. O movimento SP Forró reconhece o trabalho de artistas, empresários do setor e produtores culturais. A entrega aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo.

O SP Forró é um grupo que mostra a relevância cultural desta arte que desempenha papel importante na economia do país. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou no início deste mês um decreto que reconhece o forró como uma manifestação cultural brasileira junto a outras expressões artísticas como as escolas de samba do Carnaval e as festas juninas.

O forró também é reconhecido como patrimônio cultural e imaterial brasileiro pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) desde 2021.

Em Ilhabela, o festival existe desde 2014 com o objetivo de trazer ao arquipélago um pouco do universo do Forró Pé de Serra, que envolve música, dança e arte.

O empresário Rodrigo Rehder disse que existe mercado turístico para este tipo de evento. Ele disse que trata-se de um negócio que está em alta no mundo todo. “Existe o público que viaja em busca de festivais focados neste tipo de música, então existe turismo voltado para viajar a um lugar interessante, conhecer novas pessoas, fazer novas conexões e, claro, dançar e ouvir boa música”.

No ano que vem o festival completa 10 anos em Ilhabela. O evento está programado para o mês de maio e deve ser o maior já realizado. “A gente quer divulgar mais essa cultura tão linda que é a do forró e tudo o que ela envolve com uma magia encantadora”, completou Rodrigo.

O SP Forró surgiu em 2017 reunindo artistas e produtores de todas as regiões paulistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *