Marcello Veríssimo

A Amovila (Associação de Moradores da Vila Sahy) divulgou uma nota aos jornalistas após a decisão do juiz Vitor Hugo Aquino de Oliveira, da 1 Vara de São Sebastião, que determinou nesta terça-feira (19) a demolição de 198 imóveis, que já estão desocupados em uma área classificada como de alto risco, além de outras 39 residências que estariam habitadas.

De acordo com a Amovila, a equipe jurídica da entidade está analisando a decisão do juiz para compreender a gravidade do seu impacto para os moradores. “Reiteramos nosso compromisso em zelar pelos interesses e direitos da comunidade, assegurando que, assim que a análise jurídica for concluída, nos manifestaremos de maneira transparente e esclarecedora”, disse a entidade.

Em sua decisão, o juiz ainda solicitou uma lista com das moradias que serão demolidas, laudos técnicos e que os proprietários sejam notificados.

Desde a tragédia com a tempestade que devastou a costa sul em fevereiro deste ano, o governo estadual vem realizando uma série de ações na Vila Sahy, que foi uma das localidades mais afetadas pela chuva, para oferecer mais segurança aos moradores.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *