Marcello Veríssimo

A Polícia Civil, em Ubatuba, prendeu neste sábado (23) um dos maiores líderes de facção criminosa da Bahia. O flagrante foi registrado durante operação conjunta do setor de inteligência da polícia e de investigadores da Bahia e de São Paulo.

Sob a alcunha de Netinho da Baiúca ou Zeca, Edimario Costa Pereira, 41, foi preso por agentes da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado da Bahia e policiais da Rota da PM paulista.

A polícia localizou Baiúca depois de um trabalho do setor de inteligência da polícia do estado da Bahia. O criminoso é considerado líder da facção criminosa “Bonde do Maluco”, que atua naquele estado.

A prisão aconteceu na Praia do Tenório, região central do município. Baiúca foi preso em casa acompanhado de amigos que chegaram ao município para passar as festas.

De acordo com a polícia, quando foi abordado por agentes da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado da Bahia e policiais militares, o criminoso ainda tentou “dar perdido” apresentando documentos falsos e disse que se chamava Lucas Palmeira.

Ele foi levado para a delegacia e deve ser transferido para a Bahia onde responde por homicídio, tráfico de drogas, roubo a bancos, entre outros.

Ordens

De acordo com a polícia, mesmo longe do seu estado, Baiúca continuou no comando do movimento do tráfico de drogas no recôncavo baiano.

Teria sido dele a ordem para o ataque a um carro-forte na BR-101, no município de Cachoeira, no dia 4 de dezembro deste ano.

Baiúca é um bandido articulado com conexões. De acordo com a polícia, além de líder da organização criminosa Bonde do Maluco, também mantinha conexões com o crime no estado de São Paulo, que possibilitou se esconder em Ubatuba.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *