Marcello Veríssimo

Em meio ao caos no trânsito em plena véspera da virada do ano com as estradas cheias e os passageiros do transporte coletivo presos junto aos congestionamentos, o governo estadual anunciou o aumento no valor das passagens das linhas intermunicipais geridas pela EMTU (Empresa de Transportes Urbanos) a partir de 1º de janeiro de 2024.

Ou seja, no Litoral Norte a EMTU é responsável pela única linha entre São Sebastião e Caraguatatuba direto, sem entrar em nenhum dos bairros que cortam a rodovia Rio-Santos (SP-55).

De acordo com a empresa, o reajuste médio nas linhas intermunicipais será de 13,64%. A última vez que o preço da passagem que é de R$5,90 sofreu reajuste, foi em janeiro de 2020.

A EMTU informou que o reajuste atual é inferior ao acumulado da inflação desde a última revisão tarifária, que é de 28,40%. De acordo com a empresa, o reajuste é uma espécie de compensação ao aumento dos combustíveis e outros bens de consumo de operação, como a elevação do custo de mão de obra.

A linha 5505 que sai da rodoviária de São Sebastião e segue até a rodoviária de Caraguatatuba, passando pelo terminal de balsas, é a segunda mais utilizada pela empresa.

O reajuste será de R$0,80 com a tarifa subindo de R$5,90 para R$6,70.

Passageiros

Para os passageiros a EMTU deixa a desejar no serviço. Falta ar condicionado nos coletivos. Os passageiros também reclamam da superlotação e, muitas vezes, da qualidade do serviço dos motoristas.

A reportagem do JDL percorreu a linha 5505 saindo do ponto da Caixa Federal, em São Sebastião, até o bairro Indaiá em Caraguatatuba e só ouviu reclamações. “Os motoristas não respeitam o limite de lotação e vão parando para mais gente entrar, chega um momento que não dá, fica complicado até para respirar”, disse a doméstica Zaira Oliveira, 42, moradora em Caraguatatuba.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *