Marcello Veríssimo

A Marinha informou aos jornalistas neste domingo (31) que ainda não tem pistas sobre o paradeiro do corpo do homem que se jogou do navio MSC Preziosa que passou pelo Litoral Norte na última sexta-feira (29) com destino ao Rio de Janeiro.

De acordo com a imprensa, o homem seria o escritor e DJ Carlos Alberto Candreva, 32, natural de Tupã, que morava na capital paulista. Candreva trabalhava em um banco e possui mais de 13 mil seguidores no Instagram além de dois livros publicados.

As investigações mostraram que o DJ estava com uma pessoa que mantinha um relacionamento, porém sua identidade não foi divulgada.

De acordo com as investigações, o homem se jogou após discutir com essa pessoa que viajava com ele. O acidente aconteceu a 40 quilômetros do arquipélago de Alcatrazes, na costa sul de São Sebastião.

As primeiras informações mostraram que ele teria se desequilibrado e caído. Mas, de acordo com a MSC Cruzeiros, o homem pulou intencionalmente do 15º andar do navio.

Buscas

De acordo com a Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 8º Distrito Naval, o Salvamar Sul Leste, acionou o Navio-Patrulha “Maracanã”, para fazer as buscas ao passageiro do navio MSC Preziosa.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *