Marcello Veríssimo

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) terminou às 23h59 desta segunda-feira (1) a Operação Ano Novo. Durante o período do feriado de Réveillon as ocorrências mais comuns foram cinco acidentes com mortos, a maioria deles por atropelamentos, além de 220 infrações por falta do uso do cinto de segurança e 79 pessoas foram sitiadas por dirigir bêbadas.

Nos quatro últimos dias de 2023, os policiais reforçaram a fiscalização em todas as rodovias federais do estado de São Paulo com maior incidência de crimes e acidentes de trânsito.

De acordo com a polícia, o foco da operação foi combater a imprudência dos motoristas e reduzir o número de acidentes graves.

A PRF informou que no Litoral Norte a operação foi realizada no trecho entre a Praia Grande, em Ubatuba, e o Rio de Janeiro, que compreendem o trecho federal da rodovia Rio-Santos (SP-55).

De acordo com a polícia, ao longo do trecho foram intensificados os testes do barómetro com os motoristas pelas cidades de Ubatuba, Paraty e Angra dos Reis.

O balanço da operação mostra que 171 motoristas foram autuados por ultrapassar em local proibido, alta de 29% em comparação com o mesmo período anterior.

Em São Paulo, a PRF fiscalizou mais de 5 mil veículos, o que segundo a corporação aumentou em 120% suas ações de educação para o trânsito. Além disso, mais de mil motoristas realizaram o teste do bafômetro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *